Dois dias após o encerramento do Campeonato Brasileiro Feminino A2, em que terminou com o vice-campeonato, além de ter garantindo o acesso à primeira divisão, o Atlético informou a saída do técnico Hoffmann Túlio e da coordenadora Nina Abreu. 

No comunicado, divulgado nas redes sociais (veja abaixo), na tarde desta quinta-feira (9), o Galo não cita os motivos que levaram ao desligamento dos profissionais.

Hoffmann foi contratado no início de 2020, após passagem por Cruzeiro e América. No Alvinegro, além do acesso à elite do Brasileirão, o treinador conquistou o título do Campeonato Mineiro no ano passado. 

Já Nina de Abreu chegou ao Atlético em 2019, após 25 anos de serviços prestados à Federação Mineira de Futebol (FMF), com a missão de coordenar o então recém-criado time feminino de futebol do Alvinegro. 

Leia mais

Atlético altera programação e aguarda seis selecionáveis no sábado para viagem a Fortaleza

Kalil e clubes vão discutir presença das torcidas nos estádios de BH em reunião nesta quinta

Após reunião com a CBF, Galo cita possível data para volta do público na Série A