Rivais históricos, América e Cruzeiro vêm duelando também no mercado de contratações.

Além de Alan Ruschel, que está livre no mercado, após não renovar com a Chapecoense, Coelho e Raposa tentam a contratação do meio-campo Lucas Crispim, de 26 anos, que atuou pelo Guarani nos dois últimos anos. 

Com o vínculo com o Bugre encerrado no dia 31 de janeiro, Crispim, despertou o interesse do Alviverde já durante a Série B, em que disputou 31 jogos, marcou quatro gols, e foi um dos destaques da equipe campineira na competição. 

Após a vitória do América por 1 a 0, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, as câmeras de TV flagraram um papo ao pé do ouvido do técnico Lisca com Lucas.

Em entrevista à EPTV, afiliada da TV Globo, nesta quinta (4), Lucas Crispim relembrou o episódio.

“Após nosso jogo contra o América, o Lisca veio conversar comigo no gramado. Disse que me considera um dos melhores meias da Série B e que tem muita vontade de trabalhar comigo. Também dei meus parabéns a ele pelo acesso”, relembrou o jogador.

Na Série A do Brasileiro, e com o cofre reforçado pela premiação recebida na Copa do Brasil, torneio em que foi semifinalista, o América certamente vai ao mercado para reforçar o elenco para a próxima temporada.

Cruzeiro

Se o interesse do América em Crispim é antigo, o do Cruzeiro ganhou força nos últimos dias, com a chegada do técnico Felipe Conceição, que trabalhou com o meio-campista no Guarani.

Na mesma entrevista à EPTV, o jogador teceu elogios a Conceição, descartando qualquer tipo de ruído no relacionamento entre os dois durante os tempos de Bugre.

“O Felipe Conceição foi o treinador com que mais joguei e também tive os melhores números. Fiz três ou quatro gols com ele e muitas assistências. Fui capitão da equipe justamente com ele e sou muito grato por isso. Construímos uma amizade dentro e fora de campo. Não tenho mágoa nenhuma e não estamos brigados como muita gente imagina”, disse o jogador, que revelou ainda que vem recebendo várias mensagens nas redes sociais de cruzeirenses que desejam vê-lo atuando com a camisa celeste.

Entretanto, apesar dos elogios de Crispim ao treinador e à torcida estrelada, o diretor de futebol da Raposa, André Mazzuco, em conversa com sócios-torcedores nesta quinta, afirmou que considera difícil um acerto com o jogador.  

“Há três meses, o atleta que já estava com pré-contrato para assinar com outro clube, antes mesmo de eu chegar ao Cruzeiro. Então, não seria um jogador com muita facilidade para trazer. Um bom jogador. Não sei se é o perfil ideal”, disse o dirigente, sem revelar o clube que Lucas tem um acerto encaminado. 

Além do interesse de América e Cruzeiro, Lucas Crispim afirmou que tem propostas de outros times das Séries A e B, além de uma do futebol japonês e outra da Arábia Saudita. 

Alan Ruschel

O primeiro jogador em que ambos mostraram interesse nesta janela de transferências FOIé o lateral-esquerdo Alan Ruschel, de 31 anos, livre no mercado, após não renovar com a Chapecoense.

Por indicação do técnico Lisca, que trabalhou com Ruschel no Juventude, o Coelho avalia a contratação do jogador para a disputa da Série A.

A saída de Sávio, titular em vários jogos na última temporada, que foi contratado pelo Rio Ave-POR, aumenta a necessidade de o Alviverde ir ao mercado buscar uma reposição.

Atualmente, Lisca conta o experiente João Paulo e com os jovens Lucas Luan e Carlos Junio para compor o setor.

No caso da Raposa, Ruschel entrou no radar como alternativa para reforçar o elenco, que atualmente só conta com o prata da casa Matheus Pereira para a posição.

Nos últimos dias, o clube estrelado fez contato com o staff de Alan para analisar uma possível investida.

Apesar do interesse, Mazzuco, também durante a conversa com os sócios-torcedores, afirmou que a Raposa não fez uma proposta para o jogador, mas que novidades em relação à contratações vão surgir nos próximos dias.