As eleições para Conselheiros Natos do Cruzeiro, anteriormente marcada para o dia 5 de novembro, foi adiada. Após apelos feitos pela Comissão de Reforma do Estatuto do clube, pelo presidente da Raposa, Sérgio Santos Rodrigues, e pela torcida celeste, a Mesa Diretora do Conselho Deliberativo optou por acatar esses requerimentos.

“Para evitar decisões judiciais contrárias aos atos dessa administração do Conselho Deliberativo, apesar de nosso compromisso com o cumprimento estatutário, decide-se pela revogação do Edital em questão, ficando a eleição de que trata o referido edital sobrestada até ulterior determinação", diz parte da nota do Conselho Deliberativo.

“O momento não permite mais demandas judiciais, internas, desencontros políticos e dispersão dos objetivos maiores de nossa agremiação desportiva, que é obter as vitórias em nossas disputas desportivas”, ressalta outro trecho.

Na semana passada, o presidente celeste Sérgio Santos Rodrigues se manifestou contra o pleito, afirmando que este não deveria ocorrer, já que não seria o momento de acirrar ainda mais os bastidores políticos da Raposa.

Em várias oportunidades, a torcida clamou pelo cancelamento da eleição. Uma série de grupos de torcedores do Cruzeiro convocam nas redes sociais uma manifestação para esta terça-feira (27), às 16h30, com concentração na Praça Sete, no Centro de Belo Horizonte, para reivindicar várias pautas relacionadas à política do clube. A mais urgente delas era a não realização da eleição para a escolha de novos Conselheiros Natos.

Cruzeiro

Na semana passada, Sérgio Santos Rodrigues se mostrou contra a eleição dos Conselheiros Natos