Liberado pela diretoria do Cruzeiro do treinamento da manhã desta segunda-feira (13), na Toca da Raposa II, para resolver problemas particulares, o goleiro Fábio voltou a treinar normalmente no período da tarde. 

O camisa 1 da Raposa foi ao gramado junto aos demais arqueiros e trabalhou sob o comando do preparador de goleiros Leonardo Lopes, enquanto os jogadores de linha fizeram trabalhos já academia do centro de treinamento do clube estrelado. 

Fábio

Jogador que mais vestiu a camisa do Cruzeiro, com 871 participações, ao longo de 15 temporadas, Fábio tem a situação indefinida na Raposa. 

Apesar do desejo da diretoria pela permanência do goleiro, as partes ainda negociam um acordo para a diminuição do salário do jogador - que tem um dos maiores vencimentos do elenco - para um valor que se enquadre na nova realidade financeira do clube, que atravessa uma grave crise econômica e financeira. 

O certo é, que faltando 10 dias para a estreia do Cruzeiro no Campeonato Mineiro, marcada para o dia 22 de janeiro, às 21h30, no Mineirão, contra o Boa Esporte, o técnico Adilson Batista ainda não sabe se vai poder contar com seu goleiro titular e um dos principais ídolos da torcida para a temporada de reconstrução do clube.