Criticado em tantas oportunidades, Patric nunca abaixou a cabeça e sempre se mostrou ávido a assumir qualquer responsabilidade dentro do Atlético. Tanto é que não foram poucas as vezes em que precisou ser improvisado, como se deu nos dois últimos jogos, em que desempenhou o papel como lateral-esquerdo e, por conta de suas boas atuações, arrancou elogios da Massa e do técnico Rodrigo Santana.

Na próxima terça-feira (21), contra o Unión La Calera, do Chile, ele seguirá nessa função, mas, como ressalta o treinador interino, Patric poderá ser acionado novamente em sua posição de origem muito em breve. Isso porque, muito provavelmente, o ‘quebra-galhos’ do Galo substituirá o lateral-direito Guga, assim que o titular da direita viajar com a seleção brasileira sub-23 para a Europa, na disputa do Torneio Toulon, entre os dias 1 e 15 de junho.

"A torcida pede muito raça, e isso não falta ao Patric. Às vezes não dá para ir bem em todos os jogos. Ele entrou muito bem nessas duas partidas, numa posição que não é dele. Contamos muito com ele”, afirma Santana.

“O Patric é um cara muito determinado, sempre forte, anima o grupo, coloca muita vida no que faz. A gente o admira muito, é uma unanimidade no clube", completa.