O técnico Luiz Felipe Scolari não escondeu a sua decepção com a atuação do Grêmio na derrota por 2 a 1 para o Aimoré, na noite desta quarta-feira (4), no Estádio Cristo Rei, em São Leopoldo, pela segunda rodada do Campeonato Gaúcho. O treinador reclamou do fato de o time gremista só conseguir exibir um nível melhor de jogo depois de levar gols e se ver pressionado a buscar um resultado.

Contra o Aimoré, o Grêmio terminou o primeiro tempo já perdendo por 2 a 0 e apenas na etapa final descontou com Luan, antes de buscar, sem sucesso, o empate na parte derradeira do confronto. Felipão, inclusive, lembrou que o mesmo tipo de situação foi vivida pela sua equipe em amistoso diante do Cascavel, no último dia 25 de janeiro, que terminou em 1 a 1 após os gremistas empatarem no final do segundo tempo, com um gol irregular.

Insatisfeito com o que viu em São Paulo, Felipão prometeu cobrar uma postura mais agressiva do Grêmio já a partir do início das partidas daqui pra frente. "O que eu posso cobrar e evo cobrar é o que aconteceu no primeiro tempo: primeiro apanha pra depois reagir?", questionou, para depois completar: "Não é isso o que nós queremos, nem eles (jogadores) querem. Aconteceu também em Cascavel, no primeiro tempo observaram os outros jogarem e depois correram. Ebntão, é uma coisa que a gente tem que acertar definitivamente, de um jeito ou de outro, com A ou com B, porque não tem como jogar assim. A cobrança que eu vou fazer é nesse sentido".

O comandante irá cobrar uma melhor atuação da equipe para o duelo deste domingo, contra o Avenida, em Santa Cruz do Sul, pela terceira rodada do Campeonato Gaúcho, no qual o Grêmio ocupa hoje a sexta posição, com três pontos ganhos.