O técnico Mano Menezes reconheceu que um dos principais erros do Cruzeiro, na derrota por 3 a 1, contra o Internacional, pelo Campeonato Brasileiro, foram os erros de posicionamentos em rebotes defensivos. Os três gols três tiveram essa característica.

“Cometemos muitos erros num setor que não os cometia antes. Os três gols saídos de rebotes defensivos apontam uma falta de posicionamento melhor. Defensivamente não podemos dar tantas vantagens a um atacante num rebote como demos hoje”, analisou.

Para Menezes, não resta outra solução do que trabalhar. “O único caminho para retomar sempre foi o trabalho”, assinala o treinador, que acredita que o ambiente ficará logo favorável “para as coisas acontecerem como devem”.

Com seis gols tomados fora de casa neste Brasileiro, Menezes concorda que que “é gol demais”. Ele observa que nenhum time consegue tomar tantos gols e ainda vencer fora de casa – a exceção, citada por ele, foi a vitória do Fluminense sobre o Grêmio, por 5 a 4.

“Está demais, lógico. Se você toma três, tem que fazer gols. É muito difícil jogando fora. Já é difícil conseguir um ponto, imagine dar ao adversário tantas vantagens. Torna-se impossível vencer”, pondera.