“Especial, diz feliz”. Foi dessa forma que Rodrigo Santana definiu sua segunda-feira (24), em entrevista ao Hoje em Dia, antes da partida envolvendo Equador e Japão, pela última rodada do grupo C da Copa América.

O motivo para tanta felicidade: a efetivação no cargo de treinador do Atlético. E, para comemorar, resolveu acompanhar, in loco, a partida no Mineirão.

“Nada melhor do que ver um jogo de duas seleções. Espero ver um grande espetáculo. Pode ter certeza que vou torcer para o Equador para dar uma moral ao Cazares. A gente espera que o Equador vença e consiga classificar”, palpitou ele, surpreso ao saber que está há 75 dias no comando do Galo.

"Show de bola. Não sabia. Parece até mais tempo. Uma pressão que gente vive no dia a dia, mas muito feliz e muito concentrado pela responsabilidade que teremos”, disse.