A palavra “fracasso” define a temporada 2020 do Cruzeiro. Em ordem cronológica: o time não se classificou às semifinais do Mineiro, fato consumado em julho; foi eliminado pelo CRB na terceira fase da Copa do Brasil, em agosto; e falhou em seu objetivo principal, que era o de retornar à elite nacional, o que, matematicamente, se confirmou em janeiro deste ano. Após juntar os “cacos”, o clube celeste passou a apostar em Felipe Conceição como comandante para, em 2021, escrever histórias totalmente diferentes.

Agora, a Raposa se vê inserida em um cenário bem similar, em termos de metas, porém com perspectivas melhores. Neste domingo (25), às 16h, contra o Patrocinense, os azuis encaram o primeiro de uma série de desafios que visam à superação da temporada passada.

Diferentemente da última edição do Estadual, quando chegou à 11ª rodada com chances reduzidas de classificação e acabou ficando fora das semifinais, a Raposa está bem perto de assegurar uma vaga no mata-mata no certame atual. Em terceiro lugar, com 17 pontos, o time precisa de uma vitória simples no Mineirão para avançar.

Os comandados de Conceição possuem chance de alcançar até a vice-liderança. Para isso, além de superar o time de Patrocínio, teriam que torcer para que o América (19 pontos) não ganhe da URT, no Zama Maciel, no mesmo horário.

Por mais que ressalte que o objetivo principal em 2021 seja o acesso à Série A – e é mesmo –, a campanha no Campeonato Mineiro vai ser importante na análise da comissão técnica e da diretoria no planejamento para a Segunda Divisão, no que diz respeito à busca por reforços.

Cruzeiro

Com Felipe Conceição, o Cruzeiro tenta chegar às semifinais do Mineiro

Copa do Brasil

Em termos de Copa do Brasil, a Raposa tenta não repetir a campanha do ano passado, quando caiu diante do CRB, com derrota no Mineirão e empate no Rei Pelé, na terceira fase. Neste ano, os celestes voltam a esta etapa do torneio, depois de desclassificarem São Raimundo (RR) e América (RN).

Invicto, até agora, com um triunfo e um empate, o Cruzeiro conhecerá o adversário na terceira fase nesta sexta-feira (23) – assim como Atlético e América. A partir das 14h será realizado o sorteio que definirá os confrontos desta etapa. Mas independentemente de quem seja o oponente, o time azul espera chegar às oitavas de final, em mais um passo importante nesta temporada de recuperação.