O empate em 2 a 2 com o São Raimundo (RR), na última quinta-feira (13), foi um “jogo para esquecer”, segundo o técnico Adilson Batista. O treinador se referia à atuação bem abaixo da média protagonizada pelo time celeste, a pior deste início de ano. E de fato a Raposa tem que deixar essa partida no passado – que rendeu a classificação à segunda fase da Copa do Brasil – para focar no duelo deste domingo (16), às 19h, contra o Patrocinense, pela sexta rodada do Campeonato Mineiro.

Os azuis aspiram a liderança do Estadual. E só dependem das próprias forças para alcançar o topo da classificação. Antes do início desta jornada, o Cruzeiro aparecia em terceiro lugar com dez pontos e um jogo a menos em relação ao primeiro e ao segundo colocados, Atlético e América (cada um deles com 11 pontos), respectivamente.

Fica a expectativa para qual formação Adilson levará a campo no estádio Pedro Alves do Nascimento. O certo é que jovens como Pedro Bicalho poderão ter chances na equipe, senão como titular, entrando no decorrer da partida.

Adilson

“Esse menino (Bicalho) tem um futuro brilhante pela frente. Menino inteligente, que sabe jogar, sabe tocar a bola e que vai ganhar espaço. Comigo ele vai ganhar espaço”, disse Adilson.

Com dois jogos disputados até agora, o jovem meia espera fazer valer a confiança depositada pelo técnico. “Estou me sentindo preparado, venho trabalhando bastante para esses momentos e corresponder dentro de campo”, afirmou.

“O Adilson vem conversando bastante para a gente, dando toques, passando experiência dele como jogador e retirando alguns vícios que tínhamos na categoria de base”, completou.

FICHA DO JOGO:

PATROCINENSE X CRUZEIRO

DATA: 16 de fevereiro de 2020
MOTIVO: 6ª rodada do Módulo I do Campeonato Mineiro
LOCAL: Estádio Pedro Alves do Nascimento
CIDADE: Patrocínio
ARBITRAGEM: Paulo César Zanovelli da Silva, auxiliado por magno Arantes Lira e Leonardo Henrique Pereira
TRANSMISSÃO: Premiere

PATROCINENSE:
Thiago Passos; Rodney, Felipe Gregory, Alisson e Ian; Davi, Alemão, Giba e Jayme; Iago e Rafael Gladiador. Técnico: Thiago Oliveira

CRUZEIRO:
Fábio; Valdir, Cacá, Léo e João Lucas (Rafael Santos); Adriano, Jadsom; Maurício, Jhonata Robert e Alexandre Jesus; Roberson. Técnico: Adilson Batista