Protagonistas da última edição do Campeonato Brasileiro da Série B, Chapecoense e América vão se reencontrar na próxima segunda-feira (16), às 20h, na Arena Condá, pela 17ª rodada da principal competição do país.

Será a oportunidade de o Coelho dar o troco no time catarinense, que levou o título da segunda divisão no último lance de seu jogo, em uma disputa dramática com o Coelho, decidida, de forma inédita, nos critérios de desempate.

O sabor do vice-campeonato foi ainda mais duro para o Alviverde de Minas Gerais, já que, semanas antes, em confronto direto no Independência, o time mineiro sofreu com um erro grave da arbitragem, que custou os três pontos no confronto.

Confronto polêmico

O jogo em questão ocorreu no dia 20 de dezembro do ano passado, no Independência, pela 30ª rodada da competição.

Em um jogo cheio de reviravoltas, a Chape esteve no placar duas vezes, viu o América empatar aos 43 minutos do segundo tempo e ter um gol anulado  - de forma errrada segundo comentaristas de arbitragem – de Ademir,  por impedimento, no último lance da partida.

O empate em 2 a 2 foi suficiente para a equipe catarinense manter a ponta na tabela naquela altura da disputa, com dois pontos de vantagem.

O histórico de equívocos dos donos do apito contra o Coelho no torneio aumentou a revolta da diretoria e da comissão técnica, à época comandada pelo técnico Lisca.

Desfecho emocionante

Após o embate direto, América e Chapecoense travaram uma disputa emocionante, que durou até os segundos finais da competição.  

Em meio à tropeços, os dois times se alternaram na liderança da competição nos jogos seguintes. Na última rodada, os times chegaram empatados no número de pontos (70), de vitórias e até no saldo de gols. O Coelho levava vantagem no número de bolas nas redes, com 41 a 39.

Jogando em casa diante do Avaí, o América conseguiu aumentar a vantagem abrindo 2 a 0 ainda no primeiro tempo. Em Chapecó, os donos da casa encerraram a primeira etapa vencendo o Confiança-SE por 1 a 0.

Na segunda etapa em Belo Horizonte, os comandados de Lisca desperdiçaram várias chances de marcar e ainda viram o Avaí descontar o placar, que terminou com a magra vitória por 2 a 1.

Em Santa Catarina, a Chape vencia por 2 a 1 até os acréscimos, placar que era insuficiente para o título. Entretanto, aos 51 minutos, Anselmo Ramon marcou de pênalti e impediu o tricampeonato da Série B do América.

Realidade dura

De volta à elite do futebol brasileiro, os dois times vêm enfrentando muitas dificuldades no Brasileirão até o momento.

Com uma péssima campanha, a Chapecoense está afundada na lanterna da competição, com apenas quatro pontos, resultado de onze derrotas, quatro empates e nenhuma vitória em 15 jogos.

Também na zona de rebaixamento, mas dando mostras de que pode almejar voos maiores na Série A, o Coelho é o 17º, com 14 pontos.

Vindo de dois empates fora de casa e um triunfo sobre o Fluminense no Independência, o América pode ganhar até quatro posições na rodada, em caso de vitória em Chapecó e uma combinação de resultados.