O Cruzeiro encerrará em 2019, após mais de 34 anos, o seu departamento de atletismo. A notícia foi antecipada pelo Superesportes e confirmada pelo Hoje em Dia. A última atividade dos atletas dessa modalidade do clube será a tradicionalíssima Corrida de São Silvestre, que acontecerá no dia 31 de dezembro, em São Paulo.

Em contato com a reportagem, o técnico Alexandre Minardi, responsável pelo atletismo da Raposa, confirmou o encerramento das atividades. “Com tristeza eu confirmo o encerramento do atletismo do Cruzeiro. Perda irreparável”, disse.

De acordo com números aproximados, o custo operacional do atletismo cruzeirense girava em torno de R$ 600 mil, valor do ano de 2017. De acordo com Minardi, esse montante ainda foi diminuído em cerca de 40% neste ano.

Sem patrocínio para bancar a modalidade, o atletismo celeste será encerrado após 34 anos e cinco meses de existência. Desde junho de 1984 o Cruzeiro apoiava o esporte, que passa a ser mais uma página na história do clube.

A diretoria do Cruzeiro confirma o encerramento das atividades do atletismo a partir do ano que vem.