cruzeiro, raposa, toca da raposa
 


O departamento médico do Cruzeiro vai, enfim, liberar o reinício dos treinos na Toca II após mais de dois meses com as portas do CT fechadas por causa da pandemia do coronavírus. Tendo em mãos os resultados de alguns exames que precisaram ser repetidos, e esses novos testes não apontaram incidência da COVID-19 em atletas ou colaboradores do clube, o diretor médico celeste dará sequência ao protocolo de segurança sanitária para que os trabalhos possam ser retomados na manhã desta terça-feira (25).

Havia a previsão de que os treinos fossem liberados na quinta-feira da última semana, mas como o resultados de alguns exames apontou "inconclusão", essa retomada dos trabalhos foi adiada. 

“Hoje demos mais um passo para o retorno das práticas esportivas. Todos os atletas, membros da comissão técnica e funcionários estão aptos a voltar ao trabalho e agora, mais do que nunca, as práticas de segurança serão redobradas. Todos os colaboradores que atuam na Toca da Raposa 2 deverão responder questionamentos diários e vamos ter um controle laboratorial periódico. Novos testes serão feitos de acordo com o restabelecimento da rotina e esperamos que não haja intercorrências. Estamos preparados para qualquer tipo de situação, sabendo que o nosso clube é dono de uma das melhores estruturas para o controle dessa pandemia”, comentou o médico Sérgio Campolina, responsável pelo departamento médico cruzeirense.

 

Reinício

Para voltar aos treinos o Cruzeiro terá que respeitar normais de segurança de finidas pela Prefeitura de Belo Horizonte. Funcionários que não tiverem funções nesse recomeço de trabalhos não deverão ser convocados, apenas os colaboradores de "extrema necessidade".

Será necessário monitoramente rotineiro de possíveis sintomas do coronavírus, como tosse, febre, dor de garganta, coriza; todos os locais com circulação de pessoas deverá ser constantemente higienizado e controlado quanto ao acesso sem promover aglomeração, além de serviço de manutenção contínua dos reservatórios de água e climatização, como aparelhos de ar condicionado, por exemplo. 

Treino

Neste reinício de trabalhos o preparador físico Edy Carlos, acompanhado de Enderson Moreira e os demais integrantes da comissão técnica, passarão aos atletas que, divididos em pequenos grupos, realizarão atividades de condicionamento físico em quatro campos da Toca II.

"Os jogadores serão divididos em cinco pequenos grupos, sendo que três deles se apresentarão às 8h30, com início dos treinos previsto para às 9h, e os outros dois às 10h, com atividades agendadas para às 10h30. Para que tudo ocorra com tranquilidade, os atletas deverão chegar à Toca da Raposa 2 com máscaras e uniformizados e farão uso dos quatro campos disponíveis", detalha a nota oficial do Cruzeiro. 

A PBH liberou o Cruzeiro para retomar atividades na Toca II no dia 13 de maio, solicitando que o clube cumprisse todas as exigências sanitárias já mencionadas.