O brasileiro Hugo Calderano fechou sua participação no Aberto da República Checa, competição do Circuito Mundial de Tênis de Mesa, entre os quatro primeiros colocados e com a medalha de bronze, obtendo seu melhor resultado nesta temporada até agora. Ele vinha da medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru.

No início da manhã deste domingo, Calderano foi derrotado nas semifinais do torneio pelo alemão Dimitrij Ovtcharov, por 4 a 2 (7/11, 11/9, 11/6, 13/11, 6/11 e 11/9). A competição foi disputada na cidade de Olomouc.

Sexto colocado no ranking mundial de tênis de mesa, Calderano teve o seu melhor desempenho em competições do Circuito Mundial em 2019. Ele já havia chegado nas quartas de final na Hungria e Austrália neste ano. Em dezembro do ano passado, foi semifinalista do ITTF Grand Finals, que reunia os melhores do circuito na temporada 2018.

Hugo Calderano se apresentou bem no início e levou o primeiro set. No entanto, não manteve o ritmo, e o alemão dominou o confronto até o quarto set. O brasileiro venceu a parcial seguinte, mas Ovtcharov cresceu no momento decisivo, quando a partida estava empatada em 9 a 9 no sexto set, e ficou com a vitória.

"Ele começou muito bem, mas o nível dele caiu um pouco na segunda parte do segundo set. Passo a passo, o alemão jogou melhor. Ele voltou até a dominar de novo, mas não conseguiu fechar. É uma derrota sim, mas o jogo que Hugo desenvolveu corresponde a nossa meta. Faltou só um pouco de consistência", analisou o técnico Jean-René Mounie.

O próximo desafio internacional dos brasileiros será o Campeonato Pan-Americano, realizado entre os dias 3 e 8 de setembro, em Assunção, no Paraguai. A equipe brasileira será representada por Bruna Alexandre, Bruna Takahashi, Caroline Kumahara e Jessica Yamada no feminino, e, Eric Jouti, Gustavo Tsuboi, Thiago Monteiro e Vitor Ishiy no masculino. Na sequência, haverá uma etapa do Circuito Mundial no mesmo local, com a presença de 11 atletas do Brasil.