O Cruzeiro deve mesmo reintegrar o lateral-esquerdo Dodô ao seu elenco. Em contato com a reportagem do Hoje em Dia, Carlos Ferreira Rocha, interlocutor do núcleo gestor com o departamento de futebol, relatou que, nesta sexta-feira (3), ocorreu a primeira reunião envolvendo a diretoria celeste e o empresário do jogador, após o recente imbróglio (relembre abaixo).

“Não discutimos valores, apenas situações de contrato, algumas cláusulas que precisaríamos de uma melhor explicação. Entendi que a reunião foi muito boa, muito proveitosa”, afirmou Rocha, que ressaltou quais serão os próximos passos da negociação.

“Agora o Cruzeiro vai formalizar uma proposta para o empresário do Dodô. Caso ela seja aceita, o jogador será reintegrado ao plantel na volta das férias”, completou.

Trajetória

Após defender o Santos em 2018, Dodô foi contratado pelo Cruzeiro, por empréstimo até o fim do ano passado, junto à Sampdoria, que detém os direitos do atleta.

Na Raposa, disputou 28 partidas, mas não se tornou titular absoluto, alternando a posição com Egídio e Rafael Santos.

Justiça

O atleta chegou a se reapresentar na Toca II em janeiro, mas deixou o clube no meio da pré-temporada.

No fim de março deste ano, Dodô acionou o Cruzeiro na Justiça do Trabalho, que negou ao jogador a tutela de urgência ao lateral-esquerdo. Ele ansiava pela ativação do contrato até o fim de 2023.

Cruzeiro