A Copa América chegou ao fim neste domingo com o título da seleção brasileira, que derrotou o Peru por 3 a 1 e garantiu a taça, no Maracanã. Os quatro gols da última partida também evitaram que a competição terminasse com 14 artilheiros, como estava acontecendo até a decisão.

Como o torneio não foi farto em bolas na rede, os maiores goleadores desta edição da competição continental tinham marcado apenas duas vezes cada, até que Everton e Guerrero fizeram na decisão e dividiram a artilharia geral ao fim do torneio, com três gols cada.

Assim, 12 jogadores também encerraram a Copa América empatados com dois gols cada. Entre eles estão os brasileiros Roberto Firmino e Philippe Coutinho. Luis Suárez e Cavani, do Uruguai, que despontavam como favoritos a maiores goleadores do evento, também terminaram com duas bolas na rede cada.

Pela Argentina, terceira colocada desta Copa América, Lautaro Martínez e Agüero figuram nesta lista de vice-artilheiros, enquanto Messi balançou as redes por apenas uma vez, em uma cobrança de pênalti no empate por 1 a 1 com o Paraguai na fase de grupos, no Mineirão, em Belo Horizonte.

Flores, do Peru, e Alexis Sánchez e Vargas, ambos do Chile, quarto colocado desta Copa América, são outros três jogadores nesta lista de 12 vice-artilheiros empatados.

Confira a lista de artilheiros da Copa América:

Três gols
Everton (Brasil)
Paolo Guerrero (Peru)

Dois gols
Roberto Firmino (Brasil)
Philippe Coutinho (Brasil)
Flores (Peru)
Lautaro Martínez (Argentina)
Agüero (Argentina)
Alexis Sánchez (Chile)
Vargas (Chile)
Zapata (Colômbia)
Miyoshi (Japão)
Luis Suárez (Uruguai)
Cavani (Uruguai)
Machis (Venezuela)

Um gol
Casemiro (Brasil)
Gabriel Jesus (Brasil)
Willian (Brasil)
Daniel Alves (Brasil)
Youtún (Peru)
Farfán (Peru)
Lo Celso (Argentina)
Dybala (Argentina)
Messi (Argentina)
Fuenzalida (Chile)
Pulgar (Chile)
Vidal (Chile)
Marcelo Moreno (Bolívia)
Justiniano (Bolívia)
Almoez Ali (Catar)
Roger Martínez (Colômbia)
Josef Martínez (Colômbia)
Cuéllar (Colômbia)
Mena (Equador)
Valencia (Equador)
Nakajima (Japão)
Derlis González (Paraguai)
Óscar Cardozo (Paraguai)
Richard Sánchez (Paraguai)
Lodeiro (Uruguai)
Giménez (Uruguai)

 

Leia mais:
Alisson brilha, Brasil vence o Paraguai nos pênaltis e avança à semifinal da Copa América
Everton conquista espaço com futebol ousado e se torna sensação do Brasil
Everton está pronto para a Europa, dizem companheiros da Seleção Brasileira