O setor ofensivo do Cruzeiro esbanja falhas na temporada. Não à toa soma apenas cinco gols em sete partidas, sendo seis duelos pelo Mineiro e um na Copa do Brasil. Um desempenho que vem incomodando torcedores e os próprios atletas da equipe, obviamente. 

Mesmo assim, o goleiro Fábio viu certa evolução do time na partida contra o Tombense, o empate em 0 a 0, nessa quinta-feira (1), no Mineirão. 

"Acho que a gente está trabalhando bem, criando algumas jogadas. Às vezes, não é a melhor escolha, mas são situações muito rápidas de jogo. Porém, entrega e dedicação não faltam”, ressaltou ao Premiere.

Além disso, o camisa 1, que defendeu uma penalidade diante da equipe de Tombos, garantindo o empate sem gols, afirma que os atuais jogadores do plantel celeste sabem “do peso da camisa do Cruzeiro” e acredita que a tendência é haver uma melhora considerável daqui para frente.

“Situação diferente para muitos que chegaram. Mas todos estão se dedicando ao máximo. Pensar sempre em evoluir, passar segurança ao torcedor e confiança no nosso objetivo que é o Campeonato Brasileiro", disse, referindo-se à busca por uma vaga na elite nacional.

Cruzeiro

Fábio salvou o Cruzeiro nessa quinta-feira, ao defender uma penalidade contra o Tombense, pela sexta rodada do Campeonato Mineiro

Leia Mais:
Fábio pega pênalti, e Cruzeiro empata com o Tombense no Mineirão e segue fora do G-4 do Mineiro
Árbitra brasileira não se cansa de pioneirismo no basquete