Durante uma entrevista coletiva neste sábado (24), o zagueiro cruzeirense Ramon ressaltou que o Náutico, adversário da Raposa neste domingo (25), às 16h, nos Aflitos, é “um adversário difícil de ser batido em casa”. Bem, ele não está errado. Em oito partidas disputadas como mandante na Série B, o Timbu perdeu apenas duas vezes, para Confiança (0 x 1) e Ponte Preta (0 x 2).

Só que esses foram os dois últimos jogos do time pernambucano como anfitrião no campeonato, o que evidencia uma queda de rendimento nesse sentido.

Além disso, o Náutico não se mostra um “bicho-papão” dentro de seus domínios: detém a quarta pior campanha como mandante na Segundona, com vitórias sobre Figueirense e Botafogo-SP e empates com Operário-PR, CRB, Juventude e Chapecoense, além das duas derrotas citadas. Isso significa 41,67% de aproveitamento.

Para não dar chance ao azar, o zagueiro espera que o elenco siga à risca as instruções de Felipão para sair com um resultado positivo e dar um passo importante na luta contra o rebaixamento. Atualmente, os celestes ocupam o 18° lugar, com 16 pontos.

“Muito bom ter um treinador desse nível. O que ele vem falando vai acrescentar dentro e fora de campo. Um cara que já viveu muita coisa no futebol. Tenho certeza que vamos melhorar ainda mais. Será mais um jogo difícil, mas temos total condição de sair com os três pontos", disse Ramon.

Cruzeiro