Um balde de água fria. Embalado por 12 jogos de invencibilidade na temporada, o Atlético estreou mal no Campeonato Brasileiro.

Jogando no Mineirão, o Galo perdeu por 2 a 1 para o Fortaleza, de virada, na manhã deste domingo (30).

Depois de um primeiro tempo equilibrado, em que saiu na frente do placar com Hulk, o Alvinegro viu o adversário crescer na etapa complementar, dominar as ações da partida e conseguir reverter a desvantagem no marcador.

Após o duelo, o lateral-esquerdo Guilherme Arana evitou usar a intensa sequência de jogos que o time vem enfrentando, e foi sincero ao resumir a atuação da equipe no Gigante da Pampulha.

“Não jogamos nada. Essa é a verdade. Temos que trabalhar e esperar o próximo jogo. Não tem questão de cansaço. Temos profissionais que cuidam disso. Temos que entrar em campo para vencer. Infelizmente, perdemos”, disse Arana, em entrevista ao canal Premiere.

Sem Arana, que estará servindo à seleção olímpica, os comandados do técnico Cuca vão buscar a reabilitação no Brasileirão diante do Sport, no próximo domingo, às 20h30, na Ilha do Retiro.

Antes, encara o Remo, na próxima quarta, às 19h, no estádio Baenão, em Belém, no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil.

Leia mais

Com segundo tempo ruim, Atlético toma virada do Fortaleza no Mineirão e estreia mal no Brasileiro

Cuca sofre primeira derrota como mandante pelo Galo no Mineirão; Alvinegro perde série invicta