Encerrar o jejum de quase 50 sem título do Campeonato Brasileiro é quase uma obsessão no Atlético. Para isso, a diretoria do Alvinegro, com ajuda de parceiros do clube, vem investindo massivamente no elenco desde a temporada passada.

Embalado pelo título do Campeonato Mineiro e pela melhor campanha da fase de grupos da Libertadores, o Galo inicia sua caminhada na competição neste domingo (30), diante do Fortaleza, às 11h, no Mineirão.

No ano passado, o Atlético teve chances de levantar a taça até a penúltima rodada, mas tropeços, especialmente fora de casa, fizeram com que os comandados do técnico Jorge Sampaoli terminassem em 3º lugar, a três pontos do Flamengo, campeão do torneio.

Neste ano, além da mudança na comissão técnica, o Galo trouxe nomes de peso, como Hulk e Nacho Fernández, e não perdeu nenhum jogador importante do elenco.

Esse cenário, faz com que o lateral-esquerdo Guilherme Arana veja o Alvinegro em melhores condições de ganhar o Brasileirão do que na temporada passada.

“Sim (entramos mais fortes do que o ano passado). Reforçamos o elenco. Em 2020, batemos na trave, tropeçamos em algumas partidas que não poderíamos tropeçar. Esse ano é diferente, a equipe está muito madura, chegaram grandes jogadores, que vão nos ajudar bastante. Então, acho que a gente bem mais forte do que o ano passado”, disse Arana, em entrevista coletiva na Cidade do Galo, nesta sexta.

Fila e favoritos

Guilherme Arana também revelou que o longo período sem levantar a taça do principal campeonato do país é comentado internamente, mas pregou tranquilidade para que o time consiga romper essa incômoda sequência.

“A vontade temos de ganhar o Brasileiro o Atlético, está na fila há muito tempo. Ano passado batemos na trave. Mas pensamos jogo a jogo, estudamos os adversários, estamos trabalhando todos os dias. O pensamento é ficar entre os quatro primeiros, sabemos que o Brasileiro é muito difícil, e não se repetir o que aconteceu no ano passado, que é perder alguns pontos que time que quer ser campeão não pode perder. Mas sim, comentamos, queremos bastante esse Brasileiro, sem dúvida nenhuma”.

Por fim, o camisa 13 revelou quais times eles considera que vão brigar com o Atlético pelo título da Série A.

“Flamengo, atual campeão, que tem elenco muito forte, Grêmio, que está contratando, e sempre é uma equipe difícil de enfrentar, o próprio São Paulo, campeão Paulista, o Palmeiras também. No Brasileiro, se for falar, vou falar quase o nome de todos os times que são favoritos. Temos que pensar jogo a jogo, e estar preparados sempre”.