O futuro do volante Ariel Cabral segue indefinido no Cruzeiro. A assessoria de comunicação da Raposa informou, na manhã desta segunda-feira (20), que o argentino pediu liberação de uma semana das atividades na Toca II para resolver problemas particulares em seu país natal e teve a solicitação aceita pela diretoria.

Com o novo pedido, o volante vai ficar fora da estreia da equipe celeste no Campeonato Mineiro, marcada para esta quarta-feira (22), às 21h30, no Mineirão, contra o Boa Esporte.

Cabral já havia sido autorizado a se ausentar dos treinamentos por três dias na semana passada pelo mesmo motivo e teria que se apresentar no último sábado (18).

Tal cenário faz com que a definição sobre o futuro do volante no clube estrelado siga pendente. Na última quinta-feira, o presidente do conselho gestor do Cruzeiro, Saulo Fróes, revelou que, apesar de a solicitação do argentino tenha sido feita para tratar de assuntos pessoais, Ariel poderia trazer alguma novidade em relação a propostas de outros clubes.

O experiente jogador, de 32 anos, vive a mesma situação de várias peças do elenco que recebem acima do teto de R$150 mil estipulado pela atual diretoria da Raposa e ainda negociam uma possível readequação no salário ou até mesmo uma transferência para outra equipe.

Contratado em 2015, junto ao Vélez Sarsfield, da Argentina, Ariel Cabral soma 176 jogos e quatro gols pelo Cruzeiro. Pela equipe celeste, o volante conquistou os títulos da Copa do Brasil (2017 e 2018) e do Campeonato Mineiro (2018 e 2019). 

Confira o comunicado oficial do Cruzeiro sobre a situação de Ariel Cabral:

O Cruzeiro Esporte Clube informa que o atleta Ariel Cabral entrou em contato com a diretoria de futebol e solicitou mais uma semana de liberação dos treinos. O volante encontra-se na Argentina, onde trata de assuntos particulares.

Ariel Cabral Cruzeiro