Quando o assunto é a construção da Arena MRV, nova casa do Atlético, surgem inúmeras curiosidades vindas dos ansiosos torcedores. Com a expectativa de ser entregue até meados de 2022, o estádio terá capacidade para 46 mil pessoas e promete ser pioneiro no país em diversos quesitos.

Entrevistado no Papo de Setoristas desta segunda-feira (31), o arquiteto Bernardo Farkasvölgyi esclareceu vários questionamentos e, um deles, referente às cores que serão utilizadas nas cadeiras.

"Vamos ter cadeiras pretas, brancas, cinzas e amarelas. E obviamente com percentual de que a amarela vai entrar apenas com 5%, que é a nossa estrela, e as outras cores entram fazendo uma composição, como se fossem um pictograma (20% preto, 30% cinza e o restante de branco). Fizemos vários desenhos nas cadeiras, com escritos, por exemplo", revelou Bernardo.

Outra curiosidade contada pelo arquiteto foi em relação ao acesso dos atletas ao campo.

"A gente quer que o acesso dos jogadores, do vestiário até o campo, tenha um cenário para deixar os caras super pilhados e motivados. São coisas que estamos buscando como referência. As ideias não param. A última vai acontecer quando colocarmos um último prego na Arena", finalizou.