Após estrear com o pé direito no Campeonato Brasileiro, com a vitória por 1 a 0 sobre o Flamengo, no Maracanã, o Atlético volta a campo nesta quarta-feira (12), às 19h15, e recebe o Corinthians, no Mineirão. Coincidentemente, cariocas e paulistas ostentam as duas maiores torcidas do país: o rubro-negro com mais de 37 milhões e o alvinegro do Parque São Jorge com mais de 28 milhões, de acordo com a Pluri Consultoria.

Flamengo Atlético Maracanã

O Atlético empolgou na estreia na Série A do Campeonato Brasileiro ao vencer o favorito Flamengo, no Maracanã

Como os portões do Gigante da Pampulha estarão, mais uma vez, fechados, devido à pandemia pelo novo coronavírus, a audiência da detentora dos direitos de transmissão irá às alturas nesta noite. Sob os holofotes da mídia, principalmente por ter desbancado o atual campeão nacional na estreia, o Atlético, além do topo da audiência, buscará também o lugar mais alto da tabela.

Vice-campeão paulista, o Corinthians debutará no Brasileirão, já que a partida contra o Atlético-GO, válida pela primeira rodada, foi adiada por causa da decisão contra o Palmeiras, no último sábado, perdida nos pênaltis.

“Entraremos com muita motivação para ganhar o jogo. É não deixar a concentração cair. Não é porque ganhamos do Flamengo que a gente está pensando alguma coisa (assim). É entrar para ganhar e será assim daqui para frente”, destaca o volante Allan.

“Cada jogo temos uma estratégia diferente, uma forma de marcar e jogar. Não sei ainda quais serão os ajustes. É entender o mais rápido possível para fazer bem feito, assim como fizemos no Maracanã”, acrescenta.

Sequência da sorte

Para aqueles que se apegam às curiosidades do mundo da bola, em 2014, quando o Atlético findou com o título da Copa do Brasil, Flamengo e Corinthians foram adversários em sequência nas fases finais, porém, numa ordem invertida.

Nas quartas de final, o Galo goleou o Timão por 4 a 1 no jogo de volta, realizado no Mineirão. Nas semifinais, pelo mesmo placar, mandou para casa o Urubu. Isso após perder os dois jogos de ida, como visitante, por 2 a 0, e sair perdendo a volta.

Em 50 jogos realizados entre as duas equipes, em Belo Horizonte, o Atlético leva a melhor, com 21 vitórias, 14 empates e outras 15 derrotas, considerando diversas competições e amistosos.

A FICHA DO JOGO

ATLÉTICO
Rafael; Guga (Mariano), Junior Alonso, Réver (Igor Rabello) e Guilherme Arana; Allan, Alan Franco (Jair) e Nathan; Savarino, Keno (Marquinhos) e Marrony. Técnico: Jorge Sampaoli

CORINTHIANS
Cássio; Michel Macedo, Bruno Méndez, Danilo Avelar e Sidcley; Gabriel e Éderson; Ramiro, Luan (Araos) e Mateus Vital; Jô. Técnico: Tiago Nunes

HORÁRIO: 19h15
LOCAL: Mineirão (Belo Horizonte)
MOTIVO: 2ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro
ARBITRAGEM: Wagner do Nascimento Magalhães, auxiliado por Luiz Cláudio Regazone e Thiago Rosa de Oliveira, todos do Rio de Janeiro
VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
TRANSMISSÃO: Premiere