A volta de Pedro Rocha ao futebol brasileiro é difícil. Por mais que o Cruzeiro tenha tentando no passado, e o rival Atlético surja como possível candidato a tal façanha. Os valores da negociação entre Grêmio e Spartak Moscou - 12 milhões de euros - teriam que abaixar bastante pros meia-atacante retornar.

O Galo, segundo apurou o Hoje em Dia com pessoas ligadas ao jogador, demonstrou interesse em saber as condições de contratar Pedro Rocha, num primeiro momento por empréstimo. "Teve interesse, mas não houve proposta ainda", afirmou um porta-voz do jogador.

Mas o Spartak ainda pretende fazer valer o investimento ou tentar uma venda para ficar, ao menos, no "zero a zero". Aos 24 anos, Pedro Rocha foi carrasco do Atlético na final da Copa do Brasil 2016, anotando dois gols na vitória de 3 a 1 do Grêmio no Mineirão. Depois, foi vendido ao Spartak em 2017.

Na Rússia, vive um momento em baixa na equipe da capital. Foram apenas quatro jogos (1 partida na Liga, 1 partida na Taça, dois jogos na Liga Europa) nesta temporada que chegou a metade. Ele se lesionou, e depois ficou apenas no banco de reservas. Um total de 178 minutos, sem gols ou assistências.