Já pensando na contratação de reforços para a próxima temporada, o Atlético pode deixar de gastar mais de R$1 milhão por mês com a saída de quatro jogadores e do técnico Vagner Mancini.

Nesta quarta-feira (11), o Galo confirmou que o goleiro Wilson, o zagueiro Leonardo Silva, o volante Elias, o atacante Geuvânio e o técnico Vagner Mancini que estão com os contratos perto do fim, não vão ter o vínculo renovado.

Além das dispensas, o Alvinegro também revelou que o atacante Luan está perto de acertar a transferência para o V-Varen Nagasaki, que disputa a segunda divisão do Japão.

Segundo o Hoje em Dia apurou, a soma dos vencimentos dos quatro jogadores e do treinador, considerando apenas o que é pago na carteira de trabalho, no regime da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), chega R$1,081 milhões por mês.

Média de idade

Além da economia na folha salaria, a saída do quarteto de atletas também deixa clara a intenção da diretoria do Atlético em abaixar a média de idade do elenco.

Leonardo Silva, com 40 anos, Wilson, com 35 anos e Elias, com 34 anos estavam entre os jogadores mais velhos do grupo. Mais jovem, Geuvânio, que não conseguiu dar um bom retorno técnico ao Galo, tem 27 anos.

“Estamos rejuvenescendo o nosso elenco. O futebol é muito físico. Esse é o perfil de jogadores que estamos procurando, jovens, mas com certa experiência para dar mais musculatura e velocidade”, disse o presidente Sérgio Sette Câmara, em entrevista à Rádio Itatiaia, nesta quarta-feira.

Leia também:
Atlético não vai renovar com Léo Silva e técnico Vagner Mancini; outros três vão deixar o clube

Elias Atlético