Com estratégias diferentes na última rodada da fase classificatória do Módulo I do Estadual, na última quarta-feira (29), Atlético e América iniciam neste domingo (2), às 16h, no Mineirão, a disputa de uma das semifinais do Campeonato Mineiro sem grandes mistérios. Isso apesar de o Galo ter usado os titulares nos 4 a 0 sobre o Patrocinense, no Gigante da Pampulha, e o América os reservas, nos 3 a 0 sobre a URT, no Zama Maciel, em Patos de Minas.

Keno atacante AtléticoO atacante Keno, principal contratação do Atlético para o retorno do futebol, disputa neste domingo seu primeiro clássico no futebol mineiro encarando o América

Jorge Sampaoli deve mandar a campo a mesma equipe que goleou o Patrocinense. No confronto ele contou com a volta do lateral-esquerdo Guilherme Arana, que estava suspenso no 1 a 1 com o América no último domingo (26). Além disso, o atacante Keno fez a sua estreia.

Jair entrou bem no time no decorrer da partida, mas a dupla de volantes deve seguir formada por Allan e Nathan. A possibilidade dele jogar é caso Sampaoli resolva sacar Hyoran, que não teve boa atuação nos dois jogos após a volta do futebol. Quem fica de fora é o equatoriano Alan Franco, que cumpre suspensão pela expulsão diante do time de Patrocínio.

Mudanças

No América, Lisca promove duas mudanças, pelo menos, em relação ao time que empatou por 1 a 1 com o Atlético no último domingo. Na zaga, Lucas Kal se despediu do clube após o clássico, pois se transferiu para o futebol português. Sua vaga é disputada por Anderson, que chegiu do Bahia, e Messias, que voltou de empréstimo a clubes portugueses e já está regularizado.

Messias zagueiro América

O zagueiro Messias pode voltar a defender o América no clássico deste domingo, contra o Atlético

No ataque, o artilheiro do time no Campeonato Mineiro, o centroavante Rodolfo, e seu primeiro substituto, Léo Passos não agradou. E deve ser barrado. Disputam a sua vaga o garoto Vitão, cria da base e que empatou o jogo contra o Galo e marcou mais um nos 3 a 0 sobre a URT, e Matheusinho, que foi bem na partida em Patos de Minas.

Se Matheusinho for o escolhido, o América não teria um homem de referência no ataque, com Ademir e Felipe Augusto se revezando na função.
Uma preocupação americana é o fato de o volante Zé Ricardo disputar o clássico deste domingo com dois amarelos. Se levar o terceiro, ele fica de fora do confronto da próxima quarta-feira, às 21h30, no Independência, quando será decidido quem passa à final do Campeonato Mineiro.

Por ter feito melhor campanha na fase classificatória, o América joga a semifinal diante do Atlético por dois empates ou vitória e derrota pela mesma diferença de gols.

A FICHA DO JOGO

ATLÉTICO
Rafael; Guga, Réver, Alonso e Guilherme Arana; Allan e Nathan; Savarino, Hyoran (Jair) e Keno; Marrony. Técnico: Jorge Sampaoli.

AMÉRICA
Airton; Leandro Silva, Anderson (Messias), Eduardo Bauermann e Sávio; Zé Ricardo e Juninho; Ademir, Alê e Felipe Augusto; Vitão (Matheusinho). Técnico: Lisca

DATA: 2 de agosto de 2020
LOCAL: Mineirão
CIDADE: Belo Horizonte
MOTIVO: Jogo de ida da semifinal do Campeonato Mineiro
ARBITRAGEM: Ronei Cândido Alves, auxiliado por Marcus Vinícius Gomes e Felipe Alan Costa de Oliveira
VAR: Emerson de Almeida Ferreira
TRANSMISSÃO: Globo e Premiere