Uma ducha da água fria. O Atlético bem que tentou, dominou a maior parte das ações ofensivas, desperdiçou várias oportunidades de gol, mas viu o Athletico-PR marcar nos minutos finais e deixou o gramado com a derrota por 1 a 0, neste domingo (24), no Mineirão.

O tento do time paranaense foi marcado por Vitinho, em bela finalização de fora da área, aos 41 minutos do segundo tempo. Com o revés, o Galo permanece com 41 pontos, na 13ª colocação, e continua ameaçado pelo rebaixamento.

A distância do Alvinegro para o Fluminense, que abre o Z-4, e ainda joga na rodada, é de seis pontos.

O time comandado pelo técnico Vagner Mancini, muito vaiado pela torcida, volta a campo na próxima quarta-feira (27), para enfrentar o Bahia, às 21h, no estádio da Fonte Nova, em Salvador, pela 35ª rodada do Brasileirão.

No mesmo dia, o Furacão, que chegou aos 56 pontos, recebe o Grêmio, na Arena da Baixada, às 21h30.

Di Santo x Athletico-PR

O jogo

Com uma formação  ofensiva, apenas com Zé Welison atuando como volante de origem, o Atlético iniciou o duelo tentando aproveitar a velocidade de sua linha ofensiva.

Aos 6 minutos, Cazares cruzou pela esquerda, Fábio Santos se antecipou à defesa e testou para o gol, obrigando o goleiro Santos a fazer grande defesa.

O Galo chegou a balançar as redes com Di Santo, ao 15 minutos, mas a arbitragem assinalou, corretamente, impedimento do atacante argentino.

A equipe paranaense levou perigo pela primeira vez apenas aos 36 minutos. Nikão cruzou pela direita, Cleiton saiu mal, e Vitinho desviou de cabeça, rente à trave.

O Alvinegro respondeu três minutos depois. Marquinhos recebeu de Cazares, invadiu a área a bateu firme, exigindo outra boa intervenção de Santos.

Segundo tempo

O Atlético iniciou o segundo tempo pressionando o Athletico-PR no campo de ataque, mas foi o Furacão quem ameaçou primeiro. Aos 9 minutos, Thonny Anderson cruzou fechado pela esquerda, e Madson, de frente para o gol, desviou de peito, e a bola saiu fraca, nas mãos de Cleiton.

O Galo teve seu segundo gol anulado aos 11 minutos. Maidana fez longo lançamento para Patric, que bateu na saída do goleiro, mas novamente o auxiliar marcou o impedimento.

Aos 19 minutos, outra grande chance para o Alvinegro. Marquinhos fez boa jogada individual pela esquerda, serviu Cazares, que driblou o goleiro, ficou sem ângulo e cruzou para trás. Otero disputou de cabeça e acertou o pé da trave esquerda.

Quando o jogo já se desenhava para um 0 a 0, Vitinho aproveitou rebote de escanteio e acertou uma bela finalização, no canto esquerdo de Cleiton para abrir o placar para o Furacão.

Ficha do jogo

Atlético 0x1 Athletico-PR

Motivo: 34ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro

Local: Mineirão

Arbitragem: Edina Alves Batista, auxiliada por Emerson Augusto de Carvalho e Bruno Salgado Rizo, todos de São Paulo

Gols: Vitinho, aos 41 minutos do segundo tempo

Cartões amarelos: Otero (Atlético); Thonny Anderson  e Braian Romero (Athletico-PR)

Público: 34.432

Renda: R$209.440,00

ATLÉTICO

Cleiton; Patric, Leonardo Silva, Maidana e Fábio Santos; Zé Welison, Luan (Vinícius), Cazares (Bruninho), Otero (Geuvânio) e Marquinhos; Di Santo.

ATHLETICO-PR

Santos; Madson, Pedro Henrique (Robson Bambu), Léo Pereira, Abner Vinícius; Wellington, Bruno Guimarães (Erick) e Thonny Anderson; Nikão, Vitinho e Marco Ruben (Braian Romero). Técnico: Eduardo Barros