Um dos clássicos mais tradicionais do futebol brasileiro, Atlético e Corinthians abrem nesta quarta-feira, às 19h15, no Mineirão, a segunda rodada da Série A. E viverão um capítulo diferente na história do confronto, marcado por grandes públicos, mas que, por causa da pandemia pelo novo coronavírus, será com os portões fechados.

Mario de Castro

O primeiro jogo entre Atlético e Corinthians foi em 1929, quando o clube mineiro inaugurou o Estádio Antônio Carlos, em Lourdes

Mesmo sem público, tudo o que deseja o atleticano, empolgado pela vitória de 1 a 0 sobre o Flamengo, domingo, no Maracanã, na estreia no Brasileirão, é viver um momento especial contra o Corinthians.

São 50 jogos entre os dois clubes em Belo Horizonte, e cinco deles bem especiais para os atleticanos e podem servir de inspiração para o time de Sampaoli.

Inauguração

O primeiro jogo entre Atlético e Corinthians é especial para o Galo. Em 29 de maio de 1929, o Estádio Antônio Carlos, em Lourdes, foi inaugurado com um amistoso entre os dois clubes. A vitória foi atleticana, por 4 a 2, de virada, com destaque para Mário de Castro, autor de três gols.

Mineirão

Os outros quatro momentos especiais do confronto foram vividos pelo Atlético no Mineirão. Mas antes de o clássico chegar à Pampulha, ele passou pela Alameda, que pertencia ao América e ficava em Santa Efigênia, e pelo velho Independência, no Horto.

O segundo momento especial vivido pelo Galo diante do Timão, na capital mineira, foi nas semifinais do Brasileirão de 1994. Com 82.938 pagantes no Mineirão, o Atlético saiu na frente vencendo por 3 a 2, com todos os seus gols marcados pelo então garoto Reinaldo Rosa.

No primeiro jogo da final de 1999, novo hat-trick de um centroavante atleticano, dessa vez Guilherme, em novo 3 a 2.

Em 29 de agosto de 2007, o Gigante da Pampulha recebeu apenas 7.703 pagantes, mas os 5 a 2 do Atlético ajudaram a afundar ainda mais o Corinthians no Brasileirão, no ano em que o clube foi rebaixado. Esta é a maior goleada atleticana no confronto.

Virada

O último jogo integrante do Top 5 de vitórias do Galo sobre o Timão, na capital mineira, foi em 15 de outubro de 2014, pelas quartas de final da Copa do Brasil.

Depois de levar 2 a 0 na ida, em São Paulo, o Atlético ainda saiu perdendo, no Mineirão, com um gol de Guerrero, aos 4 minutos. Mas chegou aos 4 a 1 que o classificavam na caminhada para a conquista da taça.

O 51º capítulo dessa história será escrito amanhã, no Mineirão. E tudo que o atleticano espera é viver um sexto momento especial.