O Atlético é novamente o líder do Campeonato Brasileiro. Jogando na Neo Química Arena, o Galo venceu o Corinthians de virada, por 2 a 1, na noite deste sábado (14), pela 21ª rodada do torneio.

A equipe alvinegra chegou ao triunfo com gols de Guilherme Arana e Marrony, no segundo tempo. O Timão havia aberto o placar com Davó, no início da primeira etapa.

Com os três pontos somados na capital paulista, os comandados do técnico Jorge Sampaoli chegaram aos 38 pontos, se aproveitaram da derrota do Internacional para o Santos, e reassumiram a ponta da tabela, com dois pontos a mais do que o Colorado.

O Flamengo, que enfrenta o Atlético-GO, também neste sábado, mas às 21h30, pode empatar em pontos com o Galo caso vença o duelo, mas ficaria atrás na tabela por ter uma vitória a menos do que o Galo.

A principal ameaça à liderança do Atlético no momento é o São Paulo. Com a vitória por 3 a 2 sobre o Fortaleza, no Castelão, o Tricolor Paulista chegou aos 36 pontos, mas com dois jogos a menos do que o Galo.

A equipe alvinegra volta a campo na próxima quarta-feira, para encarar o Athletico-PR, às 19h, no Mineirão, em duelo da 6ª rodada do Brasileirão, que havia sido adiado, em razão da participação do Galo nas finais do Campeonato Mineiro.

Já o Corinthians, 15º colocado, permaneceu com 25 pontos e pode perder uma posição no encerramento da rodada.

O próximo desafio da equipe paulista será no dia 22 de novembro, contra o Grêmio, às 20h30, novamente na Neo Química Arena.

Lance polêmico

Uma decisão polêmica da arbitragem logo no início da partida, poderia ter alterado os rumos da partida.

Aos quatro minutos, o estreante Eduardo Vargas superou o zagueiro Gil na corrida, já dentro da área, foi puxado pelo defensor, mas o árbitro Rodrigo Dalonso Ferreira, que acompanhava o lance de perto, não marcou a infração.

Mesmo com a reclamação dos jogadores do Galo, o árbitro manteve a decisão e não revisou o lance no VAR.

Um minuto depois, o Corinthians abriu o placar com o atacante Davó e saiu na frente do placar.

Na frente no marcador, o Timão controlou as ações no primeiro tempo, dificultou a criação de jogadas do Atlético, que pouco produziu nos primeiros 45 minutos, e levou a vantagem no marcador para o intervalo.  

Virada

Mesmo com dificuldades na armação ,o Galo melhorou na segunda etapa, e assumiu o controle da partida.

Com um belo passe de Vargas, o lateral-esquerdo Guilherme Arana apareceu na área e finalizou com força, estufando as redes de Cássio.

A virada veio aos 37 minutos, com Marrony, que apareceu na pequena área para completar cruzamento de Keno pela direita.

Gol  esse que devolveu o Atlético à liderança do principal campeonato do país.

A FICHA DO JOGO

CORINTHIANS 1 X 2 ATLÉTICO

CORINTHIANS
Cássio; Fagner, Marllon, Gil e Lucas Piton; Gabriel (Cantillo), Roni (Éderson), Ramiro (Araos) e Luan; Everaldo (Léo Natel) e Davó (Jonathan Cafu). Técnico: Vágner Mancini

ATLÉTICO
Everson; Guga, Réver, Igor Rabello e Guilherme Arana; Allan, Jair e Zaracho (Nathan); Vargas (Bueno), Eduardo Sasha (Marrony) e Keno (Hyoran). Técnico: Jorge Sampaoli

DATA: 14 de novembro de 2020

ESTÁDIO: Neo Química Arena

CIDADE: São Paulo

MOTIVO: 21ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro

ARBITRAGEM: Rodrigo Dalonso Ferreira, auxiliado por Alex dos Santos e  Henrique Neu Ribeiro, todos de Santa Catarina

VAR: Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ)

CARTÕES AMARELOS: Roni, Ramiro e Davó (Corinthians); Jair, Victor, Vargas e Keno (Atlético)

GOLS: Davó, aos cinco minutos do primeiro tempo; Guilherme Arana, aos 15 minutos do segundo tempo e Marrony, aos 37 minutos do segundo tempo