O Atlético obteve mais uma vitória no “caso Fred”. Por meio de uma publicação em sua conta no Twitter, o vice-presidente do Galo, Lásaro Cândido da Cunha, informou que a Câmara Nacional da Resolução de Disputas (CNRD) “acaba de negar os embargos declaratórios do jogador e seu atual clube (Cruzeiro)”.
 
“Mantida assim a multa e suas atualizações pela Câmara Arbitral”, dizia o restante da nota escrita por Cunha.
 
Em dezembro do ano passado, o CNRD já havia dado razão ao Atlético e estipulado que o atleta teria que pagar uma multa no valor de R$ 10 milhões ao clube alvinegro. O motivo: ter ignorado uma cláusula contratual que impedia o centroavante de firmar vínculo com a Raposa, após rescindir com o Galo.
 
Fred deixou o Atlético no fim de 2017, transferindo-se para o Cruzeiro. Neste ano, após a conquista celeste do título do Mineiro, Fred desabafou, dizendo que saiu "escorraçado" do clube alvinegro.
 
A reportagem tentou contato com o advogado do Cruzeiro Fabiano de Oliveira Costa, mas ele não respondeu às mensagens enviadas.
 
Atualmente, o centroavante celeste amarga um jejum de nove partidas seguidas sem balançar as redes com a camisa azul e branca.