O Atlético deu um passo importante na disputa por uma vaga na final do Campeonato Mineiro. No Mineirão, o Galo venceu o América por 2 a 1, neste domingo (2), no duelo de ida da semifinal do torneio, e inverteu a vantagem do Coelho no confronto.

Com o triunfo, o Atlético agora joga até pelo empate no segundo confronto da semi, marcado para a próxima quarta-feira, às 21h30, no Independência, para avançar à decisão do Estadual.

Ao América, que teve campanha superior ao rival na primeira fase, basta uma vitória simples para voltar à final do Mineiro após quatro anos.

O alvinegro abriu o placar com Jair, que aproveitou saída errada do goleiro Airton, para desviar de cabeça, com firmeza, aos 18 minutos do primeiro tempo.

Com amplo domínio na primeira etapa, os comandados de Jorge Sampaoli ampliaram aos 39 minutos. Arana roubou a bola na intermediária e serviu Marrony, que tocou na medida para Nathan empurrar para as redes. Foi o terceiro gol do meia nos últimos três jogos.

Segundo tempo

Atrás no marcador, o América mudou a postura no segundo tempo e conseguiu equilibrar as ações. Logo aos 4 minutos, João Paulo avançou pela esquerda e cruzou para Ademir. O atacante, de carrinho, completou para o gol.

Com o jogo aberto, o Atlético teve chances de ampliar o marcador, mas esbarrou na má pontaria dos homens de frente, especialmente de Marrony, que desperdiçou uma chance clara, dentro da pequena área, aos 25 minutos. O mesmo Marrony havia tido um gol bem anulado por impedimento, aos 18 minutos.

Apesar da entrega e da evolução na partida, o Coelho também não conseguiu o gol que garantiria o empate e a manutenção da vantagem para o segundo duelo.

FICHA DO JOGO

ATLÉTICO 2 X 1 AMÉRICA

Motivo: Jogo de ida da semifinal do Campeonato Mineiro
Local: Mineirão
Arbitragem: Ronei Cândido Alves, auxiliado por Marcus Vinícius Gomes e Felipe Alan Costa de Oliveira
VAR: Emerson de Almeida Ferreira
Gols: Jair aos 18 e Nathan aos 39 minutos do primeiro tempo para o Atlético; Ademir aos 4 do segundo tempo para o América
Cartões amarelos: Jair, Guilherme Arana (Atlético); Zé Ricardo, Ademir, Geovane, Lisca (América)

ATLÉTICO
Rafael; Guga (Maílton), Réver, Alonso e Guilherme Arana; Allan, Jair (Hyoran) e Nathan; Savarino (Otero), Keno (Marquinhos) e Marrony
Técnico: Jorge Sampaoli

AMÉRICA
Airton; Leandro Silva (Léo Passos), Messias, Eduardo Bauermann e Sávio (Matheusinho); Zé Ricardo (Geovane), Juninho e Alê; Ademir (Diego Ferreira), João Paulo e Felipe Augusto (Vitão)
Técnico: Lisca