Nos dois últimos anos, a sala de troféus na sede do Atlético recebeu “presenças ilustres”. O clube nunca viveu um período de tantas glórias, como nas conquistas da Copa Libertadores e da Recopa. Mas, da mesma maneira que levantou taças importantes, a diretoria do Galo se acostumou a lidar com problemas extra-campo envolvendo jogadores.

O último foi com o atacante Jô, que sumiu na segunda-feira e só reapareceu nessa quinta-feira (7) em Belo Horizonte. Por esse motivo, ele foi multado em 40% do salário.

Desde 2012, quando o time que venceria a Libertadores foi formado sob o comando de Cuca, jogadores se envolveram em polêmicas. Foram, pelo menos, onze episódios que deixaram a torcida alvinegra preocupada.

Casos como Richarlyson se recusando a soprar o bafômetro numa blitz de trânsito, o atraso de salário reclamado por Tardelli em rede social e os sumiços de Ronaldinho e Jô. Apenas em 2013, ano da conquista da América, é que o ambiente no Galo esteve mais tranquilo.

Apenas um vídeo de Réver em uma festa, com sinais de embriagues e provocando o Cruzeiro, alterou a normalidade no dia a dia do clube. Mas, por causa da rivalidade, a provocação do capitão (que se repetiu no mês passado) foi “comemorada” pela Massa e não teve consequências maiores.

Fora do grupo

Entre as polêmicas ocorridas num período de 26 meses, duas causaram a saída de jogadores. Conhecido pelos desvios de conduta no futebol mexicano, o meia Danilinho pediu para voltar ao Galo em 2011. Mas, após dez meses, ele saiu pelas portas do fundo, com o contrato de empréstimo rescindido após se ausentar dois dias seguidos aos treinos.

Fernandinho também foi liberado pelo presidente Alexandre Kalil. O atacante, que assinou contrato com o Grêmio, não tinha a continuidade no Atlético garantida e, para não completar o sétimo jogo no Campeonato Brasileiro (que o impediria de atuar na competição por outro time), ele se recusou a viajar com o time para Ipatinga, para o confronto com o Criciúma.

Em 2012, Ronaldinho teve uma discussão com Kalil após chegar atrasado à concentração do Galo. Contudo, o elenco aparou as arestas entre jogador e presidente e R10 seguiu no grupo e ajudou o time a vencer o Vasco da Gama.
 
Fique por dentro
 
25/6/2012 - Richarlyson é pego em blitz de trânsito
10/8/2012 - Réver e Danilinho se envolvem em confusão em Sete Lagoas
11/8/2012 - Ronaldinho Gaúcho chega tarde à concentração e discute com Alexandre Kalil
24/10/2012  - Danilinho tem contrato rescindido após faltar a treinos
25/7/2013 - Vídeo com Réver provocando a torcida do Cruzeiro vaza na internet
8/01/2014 - Tardelli posta em rede social mensagem sobre salário atrasado e diretoria reage
3/5/2014 - Tardelli e Levir Culpi se desentendem após substituição do atacante
24/5/2014 - Fernandinho se recusa a viajar para Ipatinga e tem contrato rescindido
18/7/2014 - Réver volta a aparecer em vídeo amador, com mulheres e provocando o Cruzeiro
26/7/2014 - Liberado do treino, R10 perde voo para Portugal e não dá satisfação à diretoria
4/8/2014 - Jô não se reapresenta na Cidade do Galo para jogo com a Chapecoense e é multado