Os jogadores do Atlético ganharam a terça-feira de folga para descansarem e se recuperarem para o jogo mais importante da temporada. Contudo, o foco da equipe já está voltado totalmente para o embate entre o líder e o vice-líder do Brasileirão. Com oito pontos de diferença, a partida do próximo domingo (1º) é fundamental para que o "eu acredito!" siga sendo entoado no Independência.

Após vencerem a Ponte Preta no domingo, os jogadores e reapresentaram na segunda e retomam os trabalhos nesta quarta-feira (28). O técnico Levir Culpí já sabe que não poderá contar com o zagueiro Jemerson, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Por isso, força praticamente máxima para a partida, muito esperada pelos jogadores.

"Primeiro e segundo lugar, certamente será um grande jogo, ninguém esperando, os dois times buscando a vitória. Estamos esperando esse jogo faz tempo, jogo difícil, nossa equipe sempre joga bem quando esta precisando. Esperamos fazer um grande jogo e diminuir a vantagem", disse o volante Leandro Donizete.

"A partir de quarta a gente foca totalmente no Corinthians para neutralizar seus pontos fortes, descansar e fazer um grande jogo domingo", completou.

O jogador será um dos responsáveis por tentar anular os dois grandes destaques do time corinthiano: os meias Jadson e Renato Augusto, destaques do Brasileirão.  O camisa 10 é o principal assistente da competição com 10 passes para gols e outras 82 situações criadas para seus companheiros. Além disso, são 12 gols marcados. Se o camisa 8 não aparece tanto nos números individuais, a regularidade e disciplina tática o levaram à Seleção Brasileira comandada por Dunga, juntamente com Elias, que desfalcará o líder do campeonato no domingo.

Contudo, as lembranças de embates contra o time do Parque São Jorge são boas se voltarmos ao confronto do ano passado pela Copa do Brasil. Jogando no Mineirão, o Galo massacrou o adversário por 4 a 1 no jogo de volta, reverteu um placar adverso de 2 a 0 no jogo de ida tendo saído atrás do placar e seguiu firme rumo ao título. Donizete espera que o time possa tirar boas lições daquela noite de quarta-feira.

"(Podemos nos espelhar) na concentração, foco, concluir as chances em gol. Aquele dia tivemos poucas chances, mas convertemos em gols. Certamente vamos tentar repetir aquela atuação. (O Corinthians) é um time que se defende bem e que não perde chances. Vamos neutralizar os pontos deles e quando tivermos a chance, matar a partida", concluiu.