Aproximadamente mil torcedores do Atlético e militares da Tropa de Choque da Polícia Militar entraram em confronto antes da partida entre o clube mineiro e o Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro, na tarde deste domingo (1º).

Durante a confusão, foram arremessadas bombas de gás lacrimogêneo e disparados tiros de bala de borracha. Garrafas e pedras também foram arremessados. O comandante do 16º Batalhão da PM, tenente-coronel Cláudio Vitor, informou que os atleticanos tentaram acessar a torcida do time rival.

"Tivemos que intervir para evitar briga e a tropa foi atingida por garrafas e pedras. Para conter a situação, tivemos que usar bombas e tiros de borracha", contou o militar.

Briga generalizada entre PM e atleticanos tem bombas e tiros

A briga aconteceu na avenida Silviano Brandão, próximo à Praça Estevão Lunardi, no entorno da Arena Independência, no bairro Horto (Leste), onde será realizada a partida. Dois policiais ficaram feridos e um torcedor atleticano foi baleado, segundo a PM. Contudo, torcedores no local contaram que o número de vítimas é maior. Ao menos três teriam sido levados para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII.

A equipe médica do estádio foi chamada pela diretora do Galo, Adriana Branco, para auxiliar no atendimento às vítimas. Ninguém foi preso e, após alguns minutos de confronto, os torcedores dispersaram.

 

lixo - atlético x corinthians

 

Provocação

Na Rua Pitangui, próximo ao beco que dá acesso à torcida do Corinthians, o confronto também foi violento. Pelo menos sete pessoas se feriram, atingidas no rosto e na perna. Segundo o capitão Câmara, não tinha como os ônibus não passarem pela rua Pitangui, local de concentração dos atleticanos, já que o número de veículos das organizadas era grande. Ao todo, foram 26 ônibus.

Torcedores do Corinthians também provocaram confusão na entrada. Sem ingresso, muitos tentaram forçar a entrada e invadir o portão. A Polícia também respondeu com balas de borracha e bombas. Os torcedores se refugiaram em casas do entorno. Um morador reclama que foi ferido por um PM dentro de casa.

Veja o vídeo:

 

 

 

Corintianos também se envolveram em confusão no Horto. Veja no vídeo abaixo.


*Com informações de Paulo Henrique e Alexandre Simões