Levir Culpi tem o discurso mais leve entre os técnicos do futebol brasileiro. A coletiva de imprensa do treinador do Atlético sempre há espaço para uma ironia, brincadeira e piadas. Na última, ele chamou Donizete de "caneleiro eficiente". E nesta terça-feira (25), foi a vez de o camisa 8 devolver na mesma moeda.
 
"Gostei não, me chamou de grosso. Mas ele é um brincalhão, tem que levar na esportiva. Eu também acho que ele não é um bom treinador (risos). Mas nós dois somos vencedores. Eu sei da minha qualidade, ele também sabe, o importante é que estou jogando e ajudando o time", disse o jogador.
 
Donizete foi sacado da equipe no começo do Campeonato Brasileiro pois Levir Culpi, realmente, não é fã do estilo de jogo do atleta. Mas retornou à titularidade e até disse que não deu ouvidos para uma orientação de Levir. A desobediência acabou resultando no primeiro gol do Atlético diante do Palmeiras, o que igualou o marcador no Independência.
 
"Ele não quer que eu faço o fundo não. Acabou dando certo e falei para ele: ainda bem que não te ouvi. Ele é brincalhão demais e temos que levar na esportiva", disse o jogador, que cruzou a bola para Pratto marcar de cabeça.