Mais uma vez convocado para a Seleção Brasileira Olímpica, que faz amistosos contra Venezuela e Japão nos dias 10 e 13 de outubro, o goleiro Cleiton voltará a desfalcar o Atlético em momento crucial do Brasileirão: as partidas dos dias 9 e 13 do próximo mês, contra Flamengo, atual líder da competição, e Grêmio. 

É bem verdade, contudo, que os adversários também terão importantes ausências nos referidos confrontos: no Rubro-Negro, Gabigol, artilheiro do campeonato, e o zagueiro Rodrigo Caio foram chamados por Tite para a Seleção Principal, que fará testes contra Senegal e Nigéria praticamente nas mesmas datas. Já o Tricolor gaúcho terá de ceder Éverton Cebolinha e Matheus Henrique ao selecionado canarinho.

Alheio a tudo isso, o goleiro alvinegro, que servirá ao time sub-23 na companhia do lateral direito Guga, companheiro de equipe, comemorou o novo chamamento do técnico do André Jardine. 

"Mais uma oportunidade para defender as cores da Seleção Brasileira, mais uma oportunidade para eu buscar dar o meu melhor para quem sabe carimbar uma vaga entre os convocados para os Jogos Olímpicos do ano que vem, e também a chance de ganhar experiência e aumentar minha bagagem em todos os aspectos", disse.

Cleiton afirmou ainda que a fase atual é a mais especial da carreira, iniciada ainda na base do Galo. "Tudo isso não seria possível sem o apoio dos meus familiares e amigos. Ao Galo, agradeço especialmente por sempre ter acreditado em mim e por ter me dado toda confiança e suporte necessário para eu estar onde estou", ressaltou.

Nesta semana, o goleiro está ao menos à disposição do técnico Rodrigo Santana para dois compromissos fundamentais às pretensões do Galo na temporada: a partida contra o Avaí, na segunda-feira,  pelo Brasileiro - a chance de vencer após cinco derrotas seguidas no campeonato e de voltar a subir na tabela - e o decisivo jogo contra o Colón, pela Sul-Americana, no Mineirão, na quinta. Quando ele for para a Seleção Olímpíca, Wilson, ex-Coritiba, deve assumir a posição, já que Victor continua em recuperação de uma grave contusão.