Acostumado a dividir opiniões por protagonizar momentos de glória e decepções, Guilherme não se livrará da sina no futebol mexicano. “A torcida do Cruz Azul está em dúvida. Alguns apoiam a contratação, mas outros não a enxergam com bons olhos”, opina René Umanzor, jornalista do Diário Récord.

Nas redes sociais do clube, muitos torcedores mostraram desconhecimento sobre o atacante, enquanto outros não esconderam a preocupação com o histórico de lesões do atleta, aspecto mais destacado pela imprensa esportiva local (clique abaixo para ver os comentários).

Guilherme deixou o Brasil sob ataques de parte da torcida alvinegra, preocupada com a sequência do Atlético na temporada – a diretoria do Galo tentou segurar o jogador oferecendo um novo contrato, mas a proposta foi recusada.

O atacante já chegou à Cidade do México, onde foi recebido por muitos repórteres, aos quais declarou estar 100% fisicamente. Ele passaria por exames médicos nesta quarta-feira (1) antes de assinar o contrato.

Aos 26 anos, ele preenche a última das cinco vagas para estrangeiros no Cruz Azul e precisará apresentar um belo cartão de visitas aos ‘Cementeros’ para driblar a desconfiança. Recentemente, o clube contratou o meia colombiano Carlos Lizarazo, que passou a maior parte do tempo no Departamento Médico. Antes, já vinha sofrendo do mesmo problema com o centroavante paraguaio Roque Santa Cruz.

Com um dos piores ataques da Liga (14 gols em 17 jogos) o Cruz Azul deposita no brasileiro a responsabilidade de mudar o panorama, munindo os atacantes.

Caso o brasileiro se lesione nos primeiros meses, na avaliação de Umanzor, ele e os dirigentes do clube sofrerão uma enxurrada de críticas. O meia-atacante custou R$ 2,3 milhões, aos mexicanos. “Há muita expectativa. Dos reforços para a temporada, ele é o que mais foi valorizado pela imprensa mexicana”, disse.

 

Guilherme Gusmao llegó esta mañana a la Ciudad de México para realizar exámenes médicos. #LealtadAzul

Posted by CRUZ AZUL FUTBOL CLUB A.C. on Quarta, 1 de julho de 2015


Reposição no Galo

Apesar de ter prometido duas contratações (um atacante e um meia), o diretor de futebol Eduardo Maluf desconversa sobre a chegada de um substituto para Guilherme no Atlético.

“O jogador foi liberado para fazer exames médicos no México. Enquanto o contrato não for assinado, não nos pronunciaremos”, diz Maluf. Até o fechamento desta edição, o jogador não havia sido apresentado oficialmente pelo novo clube, apesar de já ter vestido o novo uniforme.

Desmanche?

Outros dois atletas que podem deixar o Galo em breve são o centroavante Jô e o meia Maicosuel. O primeiro tem 50% dos direitos pertencentes ao Galo e está na mira dos Emirados Árabes. O Oriente Médio também deve ser o destino do “Mago”, porém por meio de um empréstimo.