O lateral-direito Patric sonha em jogar a Champions League. Pensamento que ganhou força na noite desta quarta-feira (17). Afinal, quando se ganha elogios do chefe, a autoestima ultrapassa os 2,3 mil metros de altitude de Arequipa. Após a vitória do Galo por 2 a 1 sobre o Melgar-PER, pela Libertadores, Diego Aguirre lembrou características de Cafu em seu "coringa".

"Verdade que perdeu dois gols, mas é um jogador que sempre dá mais opções, tem dinâmica, trabalha, é um jogador espetacular. Não são boas as comparações, mas tem a fortaleza física, vontade e entrega que teria Cafu, que era superior aos demais. Nos deu o gol da vitória. Um jogador muito importante", disse Aguirre, após o jogo, em entrevista coletiva.

Aos 26 anos, o jogador quase não ficou no Atlético para 2016, mas acabou por resolver o imbróglio com o Osmanlispor, clube turco com o qual havia assinado pré-contrato. Fugiu da sombra de Marcos Rocha e virou titular da equipe.

Entretanto, dificilmente manterá tal status, uma vez que o Galo está perto de regularizar Cazares e espera Robinho atingir um nível físico competitivo.

"Temos alguns jogadores que não estavam, e vão estar agora. Não deve acontecer de ter tantos desfalques. Na semana que vem (contra o Independiente Del Valle-EQU), vamos estar melhor", explicou o treinador do Atlético.