O técnico Rafael Dudamel admitiu que o equatoriano Cazares não foi relacionado para o jogo contra o Uberlândia, na estreia do Campeonato Mineiro, porque o jogador recebeu uma proposta de um clube do exterior e não estava com a cabeça para atuar na primeira partida do Galo na temporada. 

"Cazares e eu conversamos. Ele manifestou com muita sinceridade que não tem a cabeça no Atlético. Ele tem o sonho de poder sair. Vê nessa possibilidade a oportunidade de dar um melhor futuro à sua família, e isso é respeitável", explicou Dudamel.  

Cazares

O clube estrangeiro interessado em Cazares é o Al-Ain, dos Emirados Arabes Unidos. O time do exterior estaria disposto a desembolsar cerca de R$ 12 milhões para contar com o equatoriano nas próximas temporadas.  

"Quem vai tomar as decisões são os dirigentes. Se a oferta é boa para o clube ou para o jogador, não vou me opor", destacou Dudamel.

Classificado como um jogador de muita qualidade técnica, mas com altos e baixos e problemas extracampo, Cazares realizou 204 jogos pelo Galo, marcou 41 gols e conquistou o Campeonato Mineiro de 2017.