O técnico Diego Aguirre não gostou da atuação dos reservas do Atlético na derrota por 2 a 1 para o Figueirense, pela Copa Sul-Minas-Rio. Para um jogador, no entanto, a partida pode ter valido pontos importantes com o uruguaio.
 
Com boa exibição no meio de campo e chegadas importantes como elemento surpresa no ataque, Eduardo aproveitou bem a chance no time "alternativo" de Aguirre. E, de quebra, marcou o primeiro gol pelo time profissional do Galo.
 
"Estou treinando, me esforçando, e procuro aproveitar as oportunidades. O professor Aguirre me escalou e eu tentei aproveitar, fazer o meu melhor. Agora é ver o que ele vai falar e continuar trabalhando", resumiu o volante de 20 anos, que ainda acertou um chute na trave.
 
Revelado nas categorias de base do Galo, Eduardo foi integrado ao elenco principal em 2014 e fez, neste domingo, a 26ª partida pela equipe profissional do Atlético, a grande maioria saindo do banco.
 
Na atual temporada, ele trava uma disputa individual com o amigo Lucas Cândido, também revelado no clube, para ser a primeira opção de banco na reposição dos "intocáveis" Rafael Carioca e Leandro Donizete.