Icasa e Avaí fizeram um grande jogo, nesta sexta-feira, no estádio Romeirão, em Juazeiro do Norte (CE), pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, e marcaram sete gols. O time catarinense levou a melhor e venceu de virada por 4 a 3, depois de ficar atrás do marcador em três oportunidades, mas mostrando um grande poder de reação imediatamente ao sofrer os gols. Com o resultado, a equipe cearense ficou em posição intermediária, com quatro pontos, enquanto que o rival chegou aos sete, já nas primeiras colocações.

A partida começou quente e o Icasa foi pressionando desde o início. Aos 19 minutos, Carlinhos cruzou para o meio da área e Neto bateu de chapa com o pé direito no canto direito para fazer 1 a 0. O segundo saiu aos 30, depois de um contra-ataque muito rápido pelo meio em que Juninho Potiguar ficou na frente de Diego para bater no canto esquerdo e rasteiro.

O time cearense era melhor em campo, perdendo mais chances de gol. O pior é que bobeou e marcou contra. Aos 34 minutos, o zagueiro Luiz Otávio foi recuar e o goleiro Camilo falhou com a bola entrando no meio do gol para diminuir o placar. Depois disso, Diogo Jardel ainda acertou a trave de Camilo quase empatando a partida na primeira etapa.

O segundo tempo começou e terminou como o primeiro: a mil por hora. Logo aos 10 minutos, o Icasa ampliou depois que Juninho Potiguar ficou na frente de Diego e, de perna direita, bateu rasteiro, no canto esquerdo. A bola, porém, saiu e a resposta do Avaí veio de imediato. Aos 11, Beto foi lançado nas costas da defesa que ainda comemorava, pela direita, e bateu cruzado buscando o canto esquerdo.

O jogo seguiu aberto e em uma correia enorme. Assim, depois de nova bobeira da zaga do Icasa pelo lado esquerdo, Márcio Diogo ficou com a bola quase na linha de fundo, dentro da pequena área, e bateu sem ângulo. O goleiro Camilo estava caindo e não alcançou. Estava empatada a partida aos 23 minutos.

O Icasa cansou e aos 39 minutos Da Silva cometeu falta e foi expulso. Para piorar a situação do clube cearense, Cléber Santana bateu no ângulo superior esquerdo de Camilo e virou o jogo: 4 a 3. Um balde água gelada no torcedor da casa.

Em rodada cheia na próxima terça, o Icasa joga novamente no estádio Romeirão, às 21h50, contra o América-MG, em Juazeiro do Norte. No mesmo dia, às 19h30, o Avaí segue jogando fora, já que enfrenta o Palmeiras no estádio Novelli Júnior, em Itu (SP).

FICHA TÉCNICA

ICASA 3 x 4 AVAÍ

ICASA - Camilo; Naylor, Nildo, Luiz Otávio e Carlinhos; Da Silva, Elanardo, Neto (Lucas) e Chapinha (Alex Willians); Adalgísio Pitbull (Leandro Banana) e Juninho Potiguar. Técnico: Francisco Diá.

AVAÍ - Diego; Vinícius Bovi, Leandro Silva, Alex Lima e Julinho; Alê, Eduardo Costa (Rodrigo Thiensen), Cléber Santana e Márcio Diogo; Diego Jardel (Reis) e Beto (Igor). Técnico: Ricardinho.

GOLS - Neto, aos 19, Juninho Potiguar, aos 30, e Luiz Otávio (contra), aos 34 minutos do primeiro tempo; Juninho Potiguar, aos 10, Beto, aos 11, Márcio Diogo, aos 23, e Cléber Santana, aos 40 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Carlinhos (Icasa); Diogo Jardel e Vinícius Bovi (Avaí).

CARTÕES VERMELHOS - Da Silva (Icasa); Alex Lima (Avaí).

ÁRBITRO - Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Romeirão, em Juazeiro do Norte (CE).