O meia-atacante Fernandinho, apresentado como reforço do Atlético na última sexta-feira, chega ao Galo com a complicada missão de substituir Bernard, negociado com o futebol da Ucrânia. O jogador sabe que a responsabilidade será grande, mas garante que vai fazer o melhor para ajudar o clube, auxiliando, inclusive, na marcação.
 
“O Bernard é um dos grandes jogadores do país. A responsabilidade é grande para substituí-lo. Estou aqui para fazer o melhor. Posso atuar ajudando na marcação e pelas pontas, por ambos os lados, com velocidade”, disse Fernandinho, que estava no Al Jazira, dos Emirados Árabes, mas que não deve sentir os efeitos para se readaptar ao Brasil.
 
“Até porque não tem muito tempo para readaptar. Fiquei pouco tempo fora. Acho que não vai ter problema”, afirmou o jogador, que reclama de ter sofrido muitas lesões no tempo em que defendeu o São Paulo, mas que agora espera recuperar o bom futebol com a camisa do Atlético.
 
“Vivi grandes momentos no São Paulo, mas aconteceram lesões, várias lesões. Não graves, mas foram várias. Não é desculpa, mas aquilo me atrapalhou”, comentou Fernandinho, que avalia que o Brasileirão se tornou uma competição difícil, mas aposta que o Galo ainda pode brigar pelo título. “O nível melhorou. Esse campeonato não está definido, e o Atlético é forte e vai continuar em busca do título”, concluiu.