Começou a Era Vagner Mancini no Atlético. O treinador, que substitue Rodrigo Santana no comando técnico do Galo, foi apresentado ao elenco alvinegro em Maceió, onde a equipe enfrentará o CSA, nesta quarta-feira (16), às 21h. 

Mancini assinou contrato com o Atlético por apenas três meses. Em entrevista à TV Galo, o treinador fez questão de destacar que o curto vínculo foi uma solicitação dele mesmo. 

"Foi um pedido meu, que fique isso bem claro. Fiz questão de pedir à diretoria do Galo para que o acerto seja até o final do ano. Por que? Porque é um fechamento de um ciclo, fechamento de uma temporada. Acho que é importante quando você tem a oportunidade de chegar em um grande clube com uma estrutura maravilhosa. A gente observa o tanto que o Atlético mudou nesses últimos anos, e eu queria fazer parte disso. Então, nada melhor que você ter um tempo de trabalho. Eu acho que 13 jogos é um tempo que você consegue estabelecer uma metodologia e mostrar aquilo que você é capaz.”, explicou Mancini. 

Mancini

O treinador já trabalhou com alguns atletas do atual elenco atleticano. Quando treinava o Paulista, foi campeão da Copa do Brasil comandando o goleiro Victor e o zagueiro Réver. Mancini também foi técnico do zagueiro Leonardo Silva e do volante Zé Welison, em períodos diferentes no Vitória. 

“Vários atletas já foram meus atletas em outros clubes e isso, logicamente, acaba te dando a condição de não chegar frio no lugar, de ter a aceitação e eu acho importante quando você reconhece que esses atletas tiveram um peso dentro da minha carreira, assim como eu tive dentro da carreira deles. Isso é um fato a ser considerado”, destacou.