O atacante Guilherme entrou em campo debaixo de vaias. Contestado por parte da torcida, o jogador busca apresentar o seu futebol mais vistoso com a camisa atleticana. Diante do Boa Esporte, 4 a 0, o jogador teve uma boa atuação e celebrou o fato de ter deixado o gramado com a torcida gritando o seu nome. Uma reviravolta em apenas 90 minutos.

"O principal não é nem o resultado, é conquistar o resultado. Saio com um troféu, que é a torcida gritando meu nome. E vamos seguir em frente", comemorou Guilherme.

Os desfalques de Bernard, Diego Tardelli - lesionados -, e Ronaldinho Gaúcho - na Seleção Brasileira - deu oportunidade para Guilherme entrar em campo logo de cara e ajudar na construção da goleada.

"Hoje(domingo) tivemos um time com uma situação diferente, com desfalques. Tento, com uma partida assim, buscar mais ritmo", comentou.

O atacante Jô, autor de dois gols no duelo, fez coro aos torcedores que cantaram o nome de Guilherme. Para o centroavante, o seu companheiro de equipe foi o melhor jogador em campo, sobretudo pela disposição demonstrada na partida.

“Independentemente de quem joga, cada um tem em mente que é o Atlético que entra em campo, não são reservas, não é time misto. Acho que o Guilherme foi o melhor em campo, ajudando a gente nos passes, marcando”, disse Jô.