Se a expectativa é de ter pela frente um adversário com time todo alternativo, em razão da diferença de foco, o Galo encara o clássico deste domingo (16), na sexta rodada do returno do Brasileirão, com o melhor que o técnico Thiago Larghi tem à disposição.  Um dos garantidos é o lateral-direito Emerson, que cumpriu suspensão na vitória por 3 a 1 sobre o Atlético-PR.

E a partida tem sabor especial para o atleta. Emerson estreou na equipe, este ano, justamente contra o Cruzeiro, no primeiro turno, quando o alvinegro venceu o rival por 1 a 0, no Independência, com gol do saudoso Roger Guedes. Agora, terá outra marca na carreira: será seu primeiro clássico no Mineirão.

"Tive até frio na barriga naquele primeiro jogo, porque era minha estreia. Mas agora estou mais preparado e pronto para fazer uma grande apresentação", disse.

Emerson está ciente de que Mano Menezes deve escalar reservas, já que está com foco total no duelo contra o Boca Juniors pela Libertadores, no meio da semana. Mas diz que isso não muda em nada a disposição do alvinegro. "Clássico tem sempre uma importância muito grande, não importa como esteja o adversário. A gente vem de uma sequência boa e por isso vamos buscar mais uma grande vitória, com força máxima", afirmou o jogador.

Após a preparação final para o clássico, na manhã deste sábado (15), o técnico Thiago Larghi deixou em aberto apenas uma posição na escalação do time: a dúvida é entra os meias Matheus Galdezani e Elias, que entrou no decorrer do jogo com o xará paranaense, na última rodada, e agradou torcdia e treinador. 

A provável formação terá mistura de experiência e juventude: Victor, Emerson, Leo Silva, Maidana, Fabio Santos; Galdezani (Elias), Adilson, Luan, Cazares, Chará; Ricardo Oliveira.