O meia-atacante Luan foi uma engrenagem poderosa num ataque que tentou massacrar o Colo-Colo no Independência. Se não fossem os erros de finalização e a intervenção do bandeira, o Galo certamente sairia de campo com uma sonora goleada. Diante dos 3 a 0, o camisa 27, satisfeito com o desempenho,  quer ver a atuação ser um modelo para a caminhada do Galo.

"Temos que nos espelhar nessa atuação, ainda corrigir alguns erros, a gente pode melhorar. Mas tenho certeza que vamos chegar longe. Tem que ser desse jeito, intensidade alta, tentar matar o jogo o quanto antes. Temos muita qualidade para sair jogando, manter o controle do jogo e jogar armadilhas para o adversário. Poderiamos ter saído com um placar mais elástico".
 
Luan, por conta de centímetros, não esteve na lista de autores dos gols alvinegros. Ele errou uma chance clara no primeiro tempo, ao sair na cara do goleiro Villar, mas hesitar na hora de finalizar. De qualquer forma, o jogador elogiou o ímpeto do Galo, capaz de produzir um "abafa espetacular"

"O time está de parabéns pela vitória, pela entrega, abafa espetacular em cima do Colo-Colo, poderia ter matado o jogo ainda no primeiro tempo. O importante é que a gente saiu com a vitória, vitória que a gente mereceu do primeiro ao último minuto", completou.