O meia Zé Welison não está definido como titular do Galo para o importante confronto com o São Paulo, neste domingo, no Morumbi, sobretudo porque Vinícius, que cumpriu suspensão na vitória por 2 a 0 sobre o Santos, no Independência, concorre a uma vaga no meio campo. A escalação, que deve incluir no setor Rever, dúvida durante a semana, só sairá pouco antes da partida.

Mas o atleta, que viveu altos e baixos desde que chegou ao clube, no meio de 2018, tem uma certeza: com Vagner Mancini no comando da equipe, ele ganha a confiança necessária para ao menos tentar retomar a titularidade. "Com a chegada do treinador a gente pôde ter uma força a mais, ele veio colocando os atletas pra cima, deu novo ânimo, a equipe cresceu", disse.

"O Mancini tem me testado ali na posição, ele me conhece de um tempo já, não tenho muito a falar dele, é um cara excepcional. Onde ele precisar, vou estar pronto para poder jogar e estar ajudando sempre o Galo”, completou.

Críticas

A última vez em que Zé Welison virou alvo de queixas da torcida atleticana foi em 8 de setembro, na derrota por 2 a 1 para o Botafogo, fora de casa. O volante substituiu Jair, lesionado no decorrer da partida, e participou negativamente nos dois gols do adversário. 

Para ele, contudo, tais falhas já são coisa do passado. "Foram situações normais de jogo, mas, como saiu o gol, a responsabilidade veio para cima de mim. Quiseram me apedrejar, mas futebol dá voltas toda hora. E a gente tem que estar com cabeça boa para dar volta por cima", afirmou o meia.

Para surpreender o São Paulo, nos domínios do tricolor, e subir ainda mais na tabela, rumo a sonhadas classificações à Sul-Americana ou mesmo à Libertadores, o volante acredita que o Galo vai jogar com a mesma inteligência usada contra o Santos.

Segundo ele, Mancini, grande conhecedor do São Paulo, onde trabalhava até há pouco, passou estratégias adequadas para enfrentar os comandados de Fernando Diniz. "Vamos fazer uma marcação ora mais atrás, ora mais na frente, dependendo da situação do jogo. Tenho certeza que dará um bom resultado, assim como foi contra o Santos, que também joga para cima", ressaltou.