O episódio protagonizado pelo mascote do Atlético, no último domingo (16), segue repercutindo. E depois do afastamento do Galo Doido, decisão tomada pela diretoria nesta segunda-feira (17), a zagueira/volante Vitória Calhau, jogadora do time feminino alvinegro e que foi alvo do gesto machista do símbolo da agremiação, teceu um comentário em seu perfil no Instagram.

Nos stories, ela publicou uma mensagem agradecendo o Atlético por ter tomado essa atitude de afastar o mascote e fazendo um apelo.

“Parabéns, Clube Atlético Mineiro, que isso nunca mais se repita. Respeito às mulheres. #TmjvitoriadoGalo”, disse ela.

Atlético

A frase da atleta veio junto com a publicação do Atlético sobre o afastamento do Galo Doido. "O Atlético lamenta e repudia o comportamento do funcionário, que foi sumariamente afastado. Pedimos desculpas à atleta, demais jogadoras e todas as torcedoras e torcedores pelo lamentável ato", postou o alvinegro em sua conta no Twitter.

A polêmica, que causou revolta nas redes sociais, aconteceu no intervalo do jogo contra a Caldense, quando o mascote deu a mão a uma das jogadoras e pediu a ela para girar. Na sequência, ele se afasta esfregando as mãos e fazendo outro gesto machista.