Se a fé de Cuca em Nossa Senhora virou marca registrada do treinador ainda em 2013, quando a camisa com a imagem da santa se tornou traje em todos os jogos do Atlético, em 2021 ela tem se tornado motivo para que torcedores abracem o curitibano de 57 anos, que passa por momento delicado na família. Dona Nilde, a mãe, está internada e lutando contra a tão avassaladora Covid-19.

Desde que retornou ao Alvinegro, onde foi apresentado no meio do mês passado, Cuca já foi presenteado com duas imagens de Nossa Senhora. A primeira,  toda em cristal, de uma família radicada em Poços de Caldas, no Sul de Minas. O encontro aconteceu após a derrota por 2 a 1 para a Caldense, no Ronaldo Junqueira (Ronaldão). A segunda foi recebida na entrada da Cidade do Galo, vinda de Aparecida.

cuca

Leia mais:
Pela recuperação de dona Nilde, atleticanos presenteiam Cuca com imagem de Nossa Senhora

"Eu já sei que o Cuca sempre foi uma pessoa com muita fé em Nossa Senhora, e eu e minha família também somos muito católicos. Então, quis presenteá-lo com uma imagem, também pelo momento que a mãe dele está vivendo. Fui muito bem recebido por ele e pelo irmão Cuquinha", conta o torcedor Gustavo Medina ao Hoje em Dia.

"O encontro foi rápido porque precisava voltar para começar o treino, mas pedimos a Nossa Senhora interseção pela sua mãe e o nosso time esse ano. Eu trouxe a imagem de Aparecida do Norte, local que visito quando eu posso", acrescenta.

Este tipo de presente, porém, não é novidade para o treinador atleticano. Em casa, na capital paranaense, ele criou um altar para 'abrigá-las'. São tantas, inclusive, que ele já até perdeu a conta do número exato.

cuca santa