Retrospecto

Atlético x Atlético-GO: adversários deste sábado já tiveram encontros memoráveis pelo Brasileirão

Ana Paula Moreira
@anapdmoreira
Publicado em 14/05/2022 às 08:00.
 (Pedro Souza / Atlético)

(Pedro Souza / Atlético)

Uma vitória! É o que tanto Atlético quanto o Atlético-GO querem conquistar na partida deste sábado. O Galo não vence há quatro partidas pelo Campeonato Brasileiro. O Dragão ainda não triunfou na competição. As equipes se enfrentam neste sábado, às 19h, no Independência, pela sexta rodada do Brasileirão. Em sexto, o Atlético quer os três pontos para voltar ao grupo dos quatro primeiros, e o Atlético-GO busca a primeira vitória após três empates e duas derrotas. 

Os dois times têm alguns encontros memoráveis na história do Campeonato Brasileiro. No ano passado, uma das seis derrotas sofridas pelo Atlético foi pelo xará goianiense. Na 27ª rodada, o Dragão derrotou o então líder por 2 a 1 de virada. Nathan Silva marcou para o Galo, e Janderson e Lucas Oliveira fizeram pelo time goiano. 

Antes, na oitava rodada do Brasileiro de 2021, o Atlético aplicou a maior goleada entre as equipes. Com gols de Zaracho e Nacho, duas vezes cada um, o Galo bateu o adversário por 4 a 1. Marlon Freitas descontou para o Dragão. 

Em 2017, as duas equipes protagonizaram um jogo emocionante, que ficou na memória dos torcedores. Também pelo Brasileirão, na 33ª rodada, o Atlético recebeu o Atlético-GO no Independência. O Dragão estava praticamente rebaixado e vendeu caro a vitória alvinegra. O time goiano ficou duas vezes à frente no placar, mas levou a virada no segundo tempo. Diego Rosa e Andrigo marcaram pelo Dragão, e Fábio Santos, Luan e Fred fizeram os gols do Galo. 

Esse placar de 3 a 2 para o time mineiro também leva a outra partida marcante entre Atlético e Atlético-GO. Em 2010, também de virada, o Galo venceu pelo mesmo placar, com gol de um jogador que ainda faz parte do elenco alvinegro. O zagueiro Réver marcou o segundo gol de empate naquele jogo, válido pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. 

Já em 2012, o Dragão vencia o Galo por 2 a 1 até os 45 minutos do segundo tempo. O resultado marcaria a primeira derrota de Ronaldinho Gaúcho com a camisa atleticana. O meia fez uma apresentação inesquecível para quem esteve no Independência naquele domingo. Com a partida nos acréscimos, Escudero lançou a bola na entrada da área. Leo Silva dominou e jogou na pequena área, Jô tentou de cabeça, a bola sobrou para Neto Berola que chutou para o meio. Após a zaga tentar afastar, Ronaldinho apareceu para chutar rasteiro e cruzado e empatar a partida. 

O retrospecto é todo favorável para o Galo. As equipes já se enfrentaram 14 vezes pelo Campeonato Brasileiro, com nove vitórias do time mineiro, três empates e duas derrotas. Neste sábado, a expectativa é de mais uma grande partida no duelo de “Atléticos”. 

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por